Com uma equipe reserva diante do São José neste último domingo, no Passo D’Areia, em partida válida pela terceira rodada do returno do Campeonato Gaúcho, o Internacional voltou a mostrar sua força em 2020 e o mesmo futebol jogado tanto no Beira-Rio, como fora de casa.

No time que goleou os donos da casa pelo placar de 4 a 1, apenas o titular Edenilson esteve em campo, sendo substituído quase no final da partida. A goleada aplicada sobre o Zequinha como também é conhecido o adversário Colorado deste último domingo, foi a maior desde 2018, quando o Inter goleou o mesmo São José por 4 a 0 no Beira-Rio - pelo Gauchão daquele ano.

Edenilson marcou o primeiro gol do Inter na goleada sobre o São José.
Edenilson marcou o primeiro gol do Inter na goleada sobre o São José.

Desde então, se passaram 138 partidas - sendo que destas, apenas 15 sob o comando de Eduardo Coudet e sob o comando do treinador argentino, o Colorado parece ter reencontrado a forma de jogar bem dentro e fora de casa e também sob o comando deste mesmo treinador, o time vermelho da capital gaúcha conseguiu marcar quatro gols em uma partida. Não, não foi somente sobre o "Zequinha" que o time de Coudet marcou 4 gols; o Colorado neste ano já marcou tantos gols diante do São Luiz - de Ijuí, na vitória por 4 a 3.

Vale aqui ressaltar que foi dos pés do único titular em campo que a "porteira" foi aberta, na excelente cobrança de falta de Edenilson, ainda na primeira etapa. Os outros três gols colorados foram anotados por Nonato (duas vezes) e Thiago Galhardo (de pênalti) - Rafael Goiano descontou para o São José.

Com a vitória, o Internacional se isolou na liderança do Grupo A, no segundo turno, com sete pontos. O Colorado agora terá pela frente o Grenal, na próxima rodada, no sábado - às 19h, no Beira-Rio - isso se a Federação Gaúcha de Futebol em reunião com os presidentes dos clubes da "Série A" do Campeonato Gaúcho - nesta segunda-feira, na sede da entidade, não decidirem por paralisar a competição devido ao surto do coronavírus.