Diego Costa é diagnosticado com hérnia de disco cervical e para por 5 meses

De acordo com o comunicado oficial do clube espanhol nesta quinta-feira,o atacante espanhol deve voltar aos gramados apenas em abril de 2020.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

O Atletico de Madrid divulgou nesta quinta-feira um boetim médico confirmando que o atacante espanhol Diego Costa teve diagnosticada uma lesão de hérnia de disco cervical e que deve parar por cerca de 5 meses, voltando aos gramados apenas em abril de 2020. O jogador vinha se queixando de dores na região, passou por alguns exames durante a semana, o que confirmou a lesão, mas de acordo com o clube, especialistas em neurocirurgia irão avaliar se há necessidade de uma cirurgia.

Segundo informações do jornal espanhol "As", o tempo de recuperação do jogador deve ser de 5 meses, mesmo que o clube ainda não tenha confirmado oficialmente a recuperação. O ponto crucial para especificar o tempo de recuperação é saber se o problema ataca ou não o nervo - o que poderia complicar ainda mais a situação do brasileiro naturalizado espanhol.

Diego Costa teve lesão confirmada nesta quinta-feira. (Foto:SITE OFICIAL)
Diego Costa teve lesão confirmada nesta quinta-feira. (Foto:SITE OFICIAL)

Diego atuou normalmente no último jogo do Atlético pelo Campeonato Espanhol, na vitória por 3 a 1 sobre o Espanyol. Na temporada, fez 15 jogos, marcou dois gols e deu duas assistências. Caso o tempo de recuperação seja longo como o previsto - ou até maior caso passe por cirurgia -, o atacante pode acabar fora de uma lista da seleção espanhola para a Eurocopa do ano que vem.

Veja o comunicado oficial do Atletico de Madrid sobre a lesão do atacante Diego Costa:

"Diego Costa sofre uma hérnia de disco cervical. O atacante foi submetido a exames radiológicos para avaliar as dores cervicais sofridas nos últimos dias. O alvirrubro sofre uma hérnia de disco cervical e será avaliado por especialistas em neurocirurgia nos próximos dias para estabelecer o tratamento definitivo."

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal