Depois das eleições presidenciais que deram a Marcelo Medeiros a oportunidade de seguir a frente do comando do Sport Clube Internacional, o presidente segue seu plano de montar um grupo forte para 2019, onde o time irá disputar a Libertadores da América.

E esse planejamento se iniciou com a renovação do técnico Odair Hellmann passando pela renovação de algumas de suas estrelas, porém, uma delas não seguira no grupo na próxima temporada - inclusive já se despediu dos torcedores e do grupo.

Todos sabem que se trata de Leandro Damião que não aceitou a última proposta colorada e muito provavelmente partirá para o "Japão", onde parece ter recebido uma proposta irrecusável.

Com isso, sem acordo com o agora "ex-camisa 9", Marcelo Medeiros e sua cúpula vão atrás de um novo "centroavante" para o elenco comandado por Hellmann na próxima temporada. Com a eminente volta de Paolo Guerrero, em abril, o Colorado vasculha o mercado por reforços, mas promete não cometer loucuras e procura um negócio de "ocasião".

Com o retorno de Guerrero para abril, parece que o setor de ataque pelo menos por hora, não é prioridade, assim sendo, a direção se volta ao meio de campo - o mais carente do plantel, com necessidade de reposição para uma possível saída de Rodrigo Dourado e de D’Alessandro, que não deverá suportar a carga de jogos em 2019.

Mesmo negando que o setor de ataque seja "prioridade", a diretoria trabalha com alguns nomes "alvos", mas todos eles mantidos em sigilo, até porque no grupo, existem possibilidades para o início da temporada, como Jonatan Alvez, William Pottker e Nico López - sem falar nos garotos da base, como no caso de Pedro Lucas, do time sub-23, que iniciará a pré-temporada integrado ao elenco principal - além deste, também tem Brenner, que figura no plante, mas que acabou perdendo espaço durante a temporada.

Voltando ao setor de meio de campo, nas últimas horas surgiram boatos de que o Colorado estaria negociando com Paulo Henrique Ganso - ex-Santos e São Paulo e que atualmente está no futebol francês. Porém, essa parece ser uma negociação meio complicada, visto que o jogador pertence ao Sevilla, da Espanha e está atualmente emprestado ao Amiens, da França até junho de 2019.

O próprio meia garantiu que recebeu através de seu empresário uma boa proposta de um time brasileiro para volta a atuar no seu país - o que o animou bastante, tanto que o atleta já estaria tentando junto ao clube espanhol e francês, a sua liberação.

Além do próprio jogador confirma tal proposta, o time francês através de um comunicado em seu site oficial também confirmou a informação. O Amiens ainda declarou que irá se reunir com o representante do jogador nesta quarta-feira, para discutir as opções e tomar uma decisão final.