O atual presidente do Sport Clube Internacional - Marcelo Medeiros já conhece seu concorrente a corrida presidencial do clube que ocorre no próximo mês. Trata-se de Luciano Davi, que terá em sua chapa, nomes como Dannie Dubin (primeiro vice-presidente), José Amarante (segundo vice-presidente) e Roberto Siegmann (terceiro vice-presidente).

A votação em primeiro turno ocorrerá no próximo dia 8 de novembro, onde somente os conselheiros é quem votam - se nenhuma chapa atingir os 85% exigidos pelo estatuto do clube, a mesma seguirá para segundo turno, no dia 8 de dezembro, onde daí os sócios é que definirão quem será o presidente colorado para o biênio 2019/2020 (só votam sócios em dia até o dia 31 de outubro e que são sócios a pelo menos um ano). Além de escolherem o novo presidente do clube, também haverá a renovação de 150 cadeiras no Conselho Deliberativo.

Davi concorre em parceria com outros grupos colorados, além do seu - o Inove Inter, estarão na mesma chapa os grupos DNA e Inter Acima de Tudo. A chapa de Luciano Davi é denominada de "O Inter Que Queremos".

Luciano Davi já foi vice de futebol entre os meses de maio a dezembro de 2012, na época em que Giovanni Luigi presidiu o clube. Como alguns atos de sua administração demitiu o técnico Dorival Júnior e contratou para seu lugar Fernandão, que até então era diretor executivo do Internacional. Davi também foi responsável por trazer Diego Forlán ao elenco colorado.