Depois de um mês parado, Moledo está de volta a zaga colorada

Ao lado de Victor Cuesta, Moledo forma a defesa ideal de sua equipe e uma das melhores do Brasileirão.

Por
Compartilhe

O time comandado por Odair Hellmann terá um grande reforço no duelo contra o Santos, na próxima segunda-feira, em partida válida pela 30ª rodada do Brasileirão no Beira-Rio. Estou falando da volta de Rodrigo Moledo a zaga colorada após um mês fora do time.

Com a presença de Moledo ao lado de Cuesta na defesa do Inter, a média de gols sofridos pelo time cai pela metade. Já nesta rodada, o Colorado voltará a contar com força máxima em sua zaga, após o defensor se recuperar de uma lesão muscular que na verdade o tirou de combate por pouco mais de um mês.

Moledo treinou normalmente durante essa semana.Moledo treinou normalmente durante essa semana.

Agarrado ao retrospecto recente, Moledo volta à forma a defesa ao lado de Victor Cuesta e assim levará a campo um histórico de números expressivos para guarnecer a meta defendida por Marcelo Lomba e com isso recuperar a regularidade do setor neste campeonato brasileiro.

Se formos comparar a zaga colorada com ou sem ele, percebemos que a presença do “xerife” é muito importante. Com Moledo em campo, em 19 jogos, o Inter sofreu apenas 10 gols, o que dá uma média de 0,52 gols por partida e um aproveitamento de 71,9%; já sem a sua presença, a média de gols praticamente dobra, uma vez que em 10 jogos, o Colorado sofreu 10 gols – uma média de um gol por partida.

Moledo não atua desde a derrota por 2 a 1 diante da Chapecoense. De fora do time, Moledo viu nas quatro partidas em que não atuou o Colorado perder o posto de segunda melhor defesa do Brasileirão para o Palmeiras, onde nos cinco últimos confrontos pelo Campeonato Brasileiro, o time comandado por Odair Hellmann sofreu sete gols – média de 1,4 gols por partida.

Ao lado de Victor Cuesta, Moledo forma a defesa ideal de sua equipe e uma das melhores do Brasileirão; tendo até mesmo o reconhecimento de seu companheiro de time e seu atual substituto – o zagueiro Emerson Santos, que em entrevista ao site “globoesporte.com” declarou o seguinte:

“Temos dois grandes jogadores na defesa. Referência para muita gente. É uma responsabilidade imensa substituir o Moledo”, declarou ele ao site.

Já o técnico colorado em sua última entrevista coletiva alertou para a partida da próxima rodada, destacando que poucos times tiveram uma arrancada no segundo turno como o Santos.

“Vale o alerta, pois poucas equipes neste segundo turno tiveram uma arrancada. O Santo é uma destas que conseguiu. Na pontuação, ele está em segundo. Não tenho certeza. Será um grande duelo; um jogo difícil, de muita qualidade no ataque. Precisamos repetir a atuação para conseguir os três pontos”, declarou Odair se referindo à última partida do Colorado, quando de virada derrotou o São Paulo também dentro do Beira-Rio.

Inter e Santos se encaram na próxima segunda-feira, às 20h, pela 30ª rodada do Brasileirão.

Comentários