Com dores no tornozelo, Dourado é dúvida contra a Chapecoense

De acordo com as últimas informações vindas do Beira-Rio, Rodrigo Dourado poderá ser uma das únicas baixas para o confronto diante da Chapecoense.

Por
Compartilhe

Com uma forte pegada no clássico Grenal, Rodrigo Dourado jogou a parte final do confronto diante do Grêmio, no último domingo, válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, com dores em um de seus tornozelos. O volante inclusive revelou ao final do confronto que precisou tomar duas injeções antes da partida para poder estar em campo.

De acordo com as últimas informações vindas do Beira-Rio, Rodrigo Dourado será uma das únicas baixas para o confronto diante da Chapecoense, na Arena Condá, em Santa Catarina, na próxima rodada do Brasileirão – isso se nenhuma surpresa ocorrer durante a semana.

Rodrigo Dourado em disputa de bola com André, do Grêmio.Rodrigo Dourado em disputa de bola com André, do Grêmio.

Se confirmar a ausência do volante para o próximo jogo, o técnico Odair Hellmann poderá comemorar a volta do lateral-esquerdo Iago – que cumpriu suspensão no Grenal-417, válido pelo Campeonato Brasileiro. Além de Iago, Odair também poderá promover a volta de Leandro Damião ao time titular, no lugar do uruguaio Jonatan Alvez – essa por questões técnicas.

O Colorado que não apenas venceu mais um clássico Grenal, pode dizer que saiu fortalecido por ter rompido com a supremacia recente do seu maior adversário, com a autoestima restabelecida após uma temporada na Série B, onde viu seu arqui-rival conquistar títulos importantes e aguentar com certas provocações nos últimos tempos – lembrando que ao desembarcar em Porto Alegre com o título da Libertadores, jogadores gremistas como Luan, entoavam por todos os cantos da capital gaúcha, “um minuto de silêncio para o Inter que está morto”.

Situação essa que revoltou boa parte da torcida colorada (somado ao que disse o treinador gremista após o empate sem gols no primeiro clássico do Brasileirão-2018), sendo esses, um dos motivos da confusão no Grenal do final de semana, onde os jogadores do Inter comemoraram muito a vitória sobre seu maior rival, tendo em vista que Renato Gaúcho e o capitão gremista não gostaram do revide e partiram para cima de alguns jogadores do Internacional – chegando a invadir o vestiário vermelho (no caso Renato Gaúcho).

Voltando ao jogo da próxima segunda-feira, o Colorado vai até Santa Catarina, onde encara a Chapecoense, na Arena Condá, às 20h, em partida válida pela 25ª rodada do Brasileirão-2018.

Comentários