Sarrafiore não irá se juntar ao elenco principal colorado na viagem a Atibaia

O Huracán promete ir até as últimas instâncias contra o Internacional – prometendo entrar com uma ação na FIFA sob a alegação de que o clube brasileiro “aliciou” a sua jovem promessa.

Por
Compartilhe

Com a chegada de seu primeiro “reforço” na abertura da janela de transferências, nesta última segunda-feira, a comissão técnica Colorada, juntamente com sua direção, decidiram que Martín Sarrafiore será integrado ao grupo principal somente após o retorno do elenco da “intertemporada” que será realizada a partir de hoje em Atibaia – interior de São Paulo.

Sarrafiore - a esquerda de boné, na chegada a Porto Alegre.Sarrafiore - a esquerda de boné, na chegada a Porto Alegre.

Após desembarcar no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre e posteriormente passar por exames e avaliações físicas, o jovem meia argentino, aguarda agora o anúncio oficial do Internacional para enfim ser oficializado como reforço da equipe para a temporada e ao longo dos próximos anos.

Entretanto, o jogador primeiramente deverá ser integrado ao “time B” antes de sua estreia na equipe principal, devido ao seu longo período de inatividade. Ao longo dessa semana, o jogador que primeiramente iria se juntar ao grupo principal na viagem a Atibaia – ficará por Porto Alegre mesmo, onde passará por avaliações minuciosas em uma comissão multidisciplinar com fisioterapeutas, fisiologistas e nutricionistas, além claro, da preparação física.

Com uma recepção calorosa por parte dos torcedores, que tomaram conta do perfil do meia no Instagram, com uma leva de comentários com a hashtag “#vemlogoSarrafiore”, a direção do Sport Clube Internacional, em conjunto com a comissão técnica, pensa diferente de sua torcida e tomam todos os cuidados necessários com a “jovem” promessa. O Colorado acredita ser necessário primeiramente um trabalho de reforço muscular para que o meia possa desenvolver com ganho de massa magra.

Pesa sobre a comissão técnica e sobre as primeiras avaliações, o longo período de inatividade do jovem jogador, que desde que assinou um pré-contrato com o Internacional em janeiro deste ano, foi afastado pelo Huracán – seu antigo clube. Sarrafiore vinha treinando em separado do elenco principal do time argentino, juntamente com o “sub-20”.

A direção do time argentino promete ir até as últimas instâncias contra o Internacional – prometendo entrar com uma ação na FIFA sob a alegação de que o clube brasileiro “aliciou” a sua jovem promessa para assinar o documento. O Huracán pretende cobrar do Inter um valor de US$ 10 milhões referentes a multa rescisória do meia. Por sua vez, a direção colorada se diz tranquila sob as acusações – acusações essa que ela considera como “barulho” pela perca de sua maior promessa.

Comentários