D'Ale volta a atividade e busca espaço no time em série invicta no Brasileirão

Odair e seus comandados seguirão a intertemporada no CT do clube até o próximo dia 4 de julho, quando depois disso irão passar uma temporada em Atibaia, onde permanecerão até o dia 13 de julho.

Por
Compartilhe

Depois de alguns dias de folga, com a parada para a Copa do Mundo, o elenco do Internacional que voltou aos trabalhos na última segunda-feira, pode contar também com a volta do “capitão” do time – D’Alessandro, que após se recuperar de uma entorse no tornozelo, volta a disputar uma vaga no time titular e busca encaixe no Inter, que vem em uma incrível série invicta.

Depois de dois dias de avaliações e trabalhos físicos, o técnico colorado finalmente colocará o grupo para treinar com bola e nesta quarta-feira comandará seu primeiro coletivo na intertemporada do Mundial da Rússia e com uma grande dúvida na cabeça antes mesmo de ver a bola rolar nos gramados do CT Parque Gigante. Voltar com D’Ale entre os titulares ou não?

D'Alessandro retorna aos trabalhos depois de passar um tempo se recuperando de uma lesão.D'Alessandro retorna aos trabalhos depois de passar um tempo se recuperando de uma lesão.

Com um tempo extra ainda para decidir, uma coisa é certa, Patrick que vinha fazendo a função do argentino estará fora do time na volta do Brasileirão – uma vez que ele tomou o terceiro cartão amarelo devido a comemoração com a “máscara do Pantera” na vitória por 3 a 0 diante do Vasco e com isso está suspenso contra o Atlético-PR, no dia 19 de julho - fora de casa, pela 13ª rodada. Assim sendo, a sua ausência em campo poderá ser suprida pela volta do “capitão” ao time, porém, a permanência do camisa 10 no elenco titular não está garantida, uma vez que Patrick vinha desempenhando muito bem a função, sendo um dos destaques do time no campeonato brasileiro – o que torna praticamente impossível tirá-lo em definitivo da equipe titular neste momento.

Diante deste cenário, resta a Odair Hellmann adequar sua equipe ao retorno de D’Alessandro e encontrar um espaço ao camisa 10 no time; mas essa tarefa não parece ser tão fácil assim, ainda mais pelo rendimento “Colorado” durante a ausência do capitão nas doze primeiras rodadas do campeonato antes da Copa do Mundo.

O capitão – camisa 10 e ídolo do atual elenco colorado ficou de fora dos últimos oito jogos do Inter no Brasileiro e de lá para cá, o time conseguiu afastar a turbulência em 2018 com uma sequência invicta até conseguir entrar no G4. Das oito partidas sem a presença de D’Alessandro em campo, foram cinco vitórias e três empates – o que dá ao time um rendimento de 75% de aproveitamento; mesmo número do líder Flamengo, conforme apurou o site “globoesporte.com”.

Já com D’Alessandro em campo, esse número cai para 33,3% em quatro jogos – com uma vitória, um empate e duas derrotas.

                                     Desempenho do Inter no Brasileirão

Sem D'Alessandro       

Com D'Alessandro

8 - jogos

4 - jogos

5 - vitórias

1 - vitória

3 - empates

1 - empate

0 - derrotas

2 - derrotas

13 - gols

2 - gols feitos

6 - gols contra

3 - gols contra

75% de aproveitamento

33,3% de aproveitamento

 Para enfatizar ainda mais os números e deixar o treinador colorado com uma dúvida ainda maior; com D’Ale em campo na temporada em 17 partidas, o time do Inter teve um percentual de 56,8% de aproveitamento – isso em partidas válidas pelo Gauchão, Copa do Brasil e Brasileirão; já sem ele, o número cresce para 64,2%, em 14 jogos.

D'Alessandro é o grande ídolo colorado na atualidade.D'Alessandro é o grande ídolo colorado na atualidade.

É bom deixar “bem” claro que não estamos colocando em dúvidas o status de D’Alessandro no clube, bem pelo contrário. O argentino segue com o mesmo respaldo e com a mesma confiança de todos por ser considerado a referência técnica quanto a liderança no elenco. Lembrando que é ele um dos grandes responsáveis por manter a harmonia e a mobilização da equipe até mesmo quando não estava presente em campo.

Odair e seus comandados seguirão a intertemporada no CT do clube até o próximo dia 4 de julho, quando depois disso irão passar uma temporada em Atibaia, onde permanecerão até o dia 13 de julho. O Colorado volta a campo pelo Brasileirão no dia 19 de julho – como já declaramos acima, diante do Atlético-PR, na Arena da Baixada, em partida válida pela 13ª rodada.

Comentários