Presidente do Inter diz que o time irá brigar por algo bom na Série A

"A história do Inter é a história da nossa torcida", diz Marcelo Medeiros.

Por
Compartilhe

Após cumprir um ano de “calvário”, Marcelo Medeiros – Presidente do Sport Club Internacional diz que irá viver neste final de semana 90 minutos de emoção a flor da pele ao se sentar em seu lugar de tradição no estádio Beira-Rio para assistir o retorno do Inter a “Série A” do Brasileirão.

A partir das 16h deste domingo, o time comandado por Odair Hellmann, o mesmo treinador que comandou o Colorado nas últimas rodadas da Série B, terá a honra de comandar a equipe em seu retorno a “elite” do futebol brasileiro. O adversário desta primeira rodada - quis o destino que fosse justamente o Bahia, time esse comandado por Guto Ferreira, o treinador que podemos dizer assim “devolveu o Inter a Série A” do Campeonato Brasileiro. Guto Ferreira foi demitido do Internacional a poucas rodadas do fim da competição.

Águas passadas – poderemos dizer que a partir de amanhã, domingo, Odair Hellmann e sua equipe escreverão a primeira linha de uma nova história que era aguardada pelo atual presidente do clube, que diz ter cumprido a sua missão em seu mandato ao de devolver o Inter ao lugar que jamais deveria ter saído.

Presidente do Internacional - Marcelo Medeiros.Presidente do Internacional - Marcelo Medeiros.

Em entrevista ao site globoesporte.com, nós selecionamos os principais trechos da mesma para repassar a você, querido leitor. Na sala de reuniões da presidência no Beira-Rio, Medeiros falou sobre as dificuldades e os desafios que o clube enfrenta as vésperas de seu retorno a “Série A” do Brasileirão.

“Será uma emoção muito grande ao rever o clube de volta a Série A. Emoção maior de ver a missão cumprida ao ver o time entrar em campo contra o Bahia. Estamos passando por um momento de reconstrução, de muita responsabilidade, de continuidade de um trabalho que vem sendo executado no futebol em nossa gestão, para que possamos dar ao nosso torcedor mais adiante, as alegrias de um passado recente. Para isso precisamos realizar uma competição digna, a altura da história do clube”, afirmou o mandatário colorado.

Medeiro não traça metas de pontos ou posição de classificação dentro da competição, apenas garante que o time tem que estar consciente de que precisar fazer o melhor, para jamais voltar de onde saiu no último ano e brigar sempre por algo melhor.

“Vocês podem ter certeza de que o Inter irá brigar, eu garanto isso. Essa é uma questão corriqueira e feita sempre aos presidentes dos clubes da Série A. Jamais ouvi alguns desses dizer: “Olha, eu vou ganhar”. Todos dizem o que irão fazer, que é lutar, que é trabalhar. O Campeonato Brasileiro é um dos mais equilibrados do mundo. É um dos pouco que possui 12 equipes capazes de chegar ao título. O futebol hoje nos mostra que uma equipe que tem menos recurso poderá chegar ali e realizar uma temporada brilhante e ser campeã. Uma coisa é certa. Os torcedores do Inter podem ter certeza de uma coisa. Iremos brigar, trabalhar muito para colocar o Inter no lugar mais alto possível da tabela”, disse ele.

Medeiros também disse que o Inter será obrigado ao menos vender um jogador na próxima janela de transferências, para poder reequilibrar suas finanças do clube, que segundo ele, estão em dia com jogadores e funcionários.

Ao final, o presidente Marcelo Medeiros deixou um recado aos torcedores colorados:

“A história do Inter é a história da nossa torcida. De origem humilde, simples, de todas as origens, de uma torcida que construiu esse estádio, que não nos abandonou quando nós fomos jogar em Caxias, que não nos abandonou quando caímos para a Série B. Agora, na hora da nossa volta a Série A, será à hora do torcedor voltar e se associar ao clube. Essa é à hora. Nós precisamos do torcedor. Do sócio, e o povo colorado no Beira-Rio nos faz cada vez mais forte. Ele vai ser fundamental para que a campanha de 2018 do Inter seja exitosa dentro da Série A”, finalizou o presidente colorado.

Comentários