Encontro entre direção colorada e agente de Paolo Guerrero, marcado para a manhã desta última terça-feira encerra sem definição sobre o pedido de rescisão contratual do atacante peruano.

Assim, por hora Guerrero segue como atleta do Inter, uma vez que as partes prometem seguir se reunindo para encontrarem uma solução para o tema. Em contato com o site "GE", o vice de futebol colorado - João Patrício Hermann não quis dar muitos detalhes sobre o encontro, apenas declarou que o assunto será resolvido internamente e posterior ao jogo desta quarta-feira, diante do Olímpia pela Libertadores - principal foco do Inter neste momento.

"Qualquer que seja a definição, será interna. Se tivermos algo para comunicar, faremos de forma oficial e no momento adequado. Nosso foco é o duelo diante do Olímpia", declarou o dirigente do Inter.

Tendência de novo encontro

Tudo indica que direção e jogador voltem a se reunir a partir da próxima quinta-feira para tratar sobre o assunto e assim buscar uma definição sobre o futuro de Paolo Guerrero - seja no clube ou fora dele.

Enquanto não tem seu futuro definido, o peruano segue com seu trabalho normal no CT Parque Gigante, onde se recupera de uma tendinite no mesmo joelho operado em 2020; o atacante não tem prazo para voltar a campo.

Entenda o caso

O assunto Paolo Guerrero tomou conta da imprensa gaúcha e nacional no último sábado, quando o empresário Vinicius Prates teria anunciado um pedido de rescisão de contrato do jogador junto ao Internacional, neste mesmo, ele declarou que o atacante estava insatisfeito com a indefinição sobre o seu futuro dentro do clube, onde em nota, esses reclamavam de falta de respeito da direção colorada.

Tal atitude imediatamente irritou a direção do clube gaúcho, que diz ter sido pega de surpresa com a notícia. Visto que nem mesmo os próprios companheiros sabiam que o peruano estava infeliz. Agora resta saber como vai encerrar esta novela; aguardemos!