Com números na ponta do lápis, o Internacional já é conhecedor dos valores financeiros para a temporada 2022, onde após a venda de alguns de seus jogadores e a despensa de outros, o clube já planeja fechar o ano com um superávit de R$ 194 mil. Muito diferentes dos mais de R$ 80 milhões de prejuízo no último ano.

O orçamento anual do Colorado será apresentado ao Conselho Deliberativo em uma reunião na próxima semana, onde esse passará por votação. Os valores estabelecidos pela direção passaram por correções em relação ao primeiro esboço orçamentário, feito ainda pela antiga gestão, onde a direção atual acredita que terá reduções em seu faturamento, venda de jogadores e também com as despesas com o futebol.

Planejamento orçamentário - guia de gastos na temporada

O planejamento orçamentário de qualquer clube brasileiro serve como guia para projetar o ano, ou seja, a temporada em questão, onde se planeja as receitas a receber e a gastar, ficando sabendo assim como clube poderá gastar em reforços; assim como possíveis aumentos com despesas de salários e outros.

Conforme o planejamento da gestão de Barcellos, o Inter projeta faturar cerca de R$ 411.562.330 nesta temporada - um acréscimo de pouco mais de R$ 90 milhões do projetado em 2020. O clube ainda prevê um aumento de algo próximo a R$ 60 milhões em receitas na temporada.

Redução nas despesas do futebol

Lembramos que nas últimas entrevistas a direção colorada vem batendo em cima da redução de gastos com a folha salarial, que já fora diminuída em mais de R$ 2 milhões neste ano, sendo que para a temporada 2021 está previsto um gasto com salários de jogadores na casa dos R$ 260 milhões.

Previsão de lucro

Com os números apontados, o Internacional espera em 2021 ter um superávit - já aqui informado; algo que não acontece desde 2015. Como declarado em documento, o colorado espera fechar o ano positivamente na casa de R$ 194.508.