A seis rodadas do final do Brasileirão 2020 e vivendo uma ótima fase, Abel Braga além de ser o "paizão" e ter o elenco colorado em suas mãos, tenta de todas as formas conterem a euforia de seus comandados, passando assim a trabalhar com mais afinco dentro do clube.

Manter os pés no chão

O objetivo do Inter neste momento é o de manter "os pés no chão", visto que para os dirigentes e seu treinador, nada foi ganho ainda, independentemente da boa campanha colorada vivida nos últimos jogos, tendo o Inter disparado na liderança nestas últimas rodadas e sendo ele apontado atualmente como o grande favorito ao título.

Abel Braga iguala a marca de Jorge Jesus

A fase é tão boa do Inter, que Abel Braga conseguiu com seu colorado, igualar a marca de oito vitórias consecutivas no Brasileirão; marcas essas só alcançadas por Flamengo e Cruzeiro, quando esses sagraram-se campeões nos seus respectivos anos.

De subestimado a favorito

Antes subestimado por todos, após a saída de Eduardo Coudet, agora o Internacional é visto como o favorito ao título, também pudera, pois está a 4 pontos do vice-líder São Paulo e de acordo com o matemático Tristão Garcia - do Infobola, o Colorado tem hoje 75% de chances de ser campeão brasileiro 2020.

No entanto, como já declaramos nesta matéria, Abel Braga tenta de todas as formas conter essa euforia, tentando não deixá-la entrar no vestiário, como um dos líderes entre os jogadores destaca:

"Sabemos que não ganhamos nada. Seguiremos com humildade e, se Deus quiser, seremos coroados. Porque temos trabalhado", destacou Edenilson, autor do gol que deu a vitória colorada sobre o Grêmio no último domingo.

Torcedores inflados

Tanto o elenco, como a direção e a própria comissão técnica, tentam como já disse acima, deixar essa euforia que vem das ruas e da imprensa, no lado de fora do Beira-Rio, para que isso não tire o foco do grupo e com isso sigam trabalhando até a última rodada em busca dos objetivos, que primeiramente é assegurar uma vaga direta na Libertadores de 2021 e depois ver o que restará ainda no torneio.

"Gostariam que vocês da imprensa seguissem falando que não somos os favoritos a nada. Não éramos quanto tínhamos três, quatro vitórias. Saímos do descrédito da equipe e crescemos com tranquilidade e com trabalho. Não vou levar em consideração", destacou "Abelão" em sua coletiva pós o clássico GreNal.

Próximo compromisso

O Inter volta a campo pelo Brasileirão somente no próximo domingo, onde às 18h15, encara o RB Bragantino, no Beira-Rio. O Colorado atualmente segue na liderança do Campeonato Brasileiro, com 62 pontos - quatro a mais que o vice-líder São Paulo.