"Uma pepita de ouro por um valor irrisório". Esse é o início de uma história da "vida real".

Essa é a história de um jovem atacante que custou R$ 300 mil aos cofres colorados e pagos ao Porto-PE, para trazer a jóia denominada Caio Vidal, que em 15 minutos encheu os olhos de Abel Braga, atual comandante técnico do time gaúcho.

Caio Vidal foi o autor do primeiro gol da partida disputada na Arena Castelão, nesta última quinta-feira, diante do Ceará, pela 28ª rodada do Brasileirão 2020 e vencida pelo Inter pelo placar de 2 a 0.

Grande aposta de Abel Braga

Aos 20 anos, o jovem atacante se tornou a grande aposta de "Abelão" na atual passagem do comandante técnico pelo Beira-Rio. O jogador aqui em destaque foi descoberto pelo clube gaúcho na Copa São Paulo de Futebol Júnior, disputada em 2019, onde ele ainda vestia a camisa do Porto-PE.

Ao final deste torneio, após analisar várias partidas do menino, a direção do Inter abriu negociação e apostou tudo no jovem atacante; vencendo a disputa com outras grandes equipes do futebol brasileiro. Com um grande potencial a vista, os dirigentes colorados foram convencidos a bancar o alto investimento naquele estágio; R$ 300 mil por 50% dos direitos econômicos do jogador. Quantia essa paga em 12 vezes.

Se comparado há esse ano, os R$ 25 mil pagos por aquelas parcelas, hoje soam como algo irrisório, visto a ascensão do jogador no último ano, passando a ser peça importante nas mãos de Abel Braga, após esse pedir a direção do Inter um jogador capaz de atuar pelos lados, com velocidade e intensidade.

E foi o que Caio Vidal apresentou ao professor, que logo em seu primeiro treino agradou Abel Braga que hoje é grande admirador de seu futebol, conforme ele próprio declarou em entrevista coletiva.

"Eu dei sorte, na verdade, porque encontrei no primeiro treino o que faltava ao time: a jogada pelos lados, um jogador que force cartão do adversário. Em poucos minutos já tinha visto que este garoto não ia mais sair do time", disse ele a Rádio Globo.

Parte do elenco Campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2020, Caio Vidal que jogava pelo centro, foi orientado a jogar pelos lados, onde ganhou destaque após ter ganho massa muscular para poder bater de frente com os adversários.

Caio Vidal logo após o apito final do duelo desta quinta-feira, diante do Ceará, comentou como chegou aos profissionais do Inter.

"Eu ia realizar um trabalho de abdome e me chamaram, falaram que eu ia treinar nos profissionais. Peguei a van e fui, Abel me deu confiança. "Moleque, pega a bola e vai pra cima. A gente precisa é isso, cara de velocidade e personalidade". Acho que me encaixei bem nesse esquema. O Abel me chamou e falou que era minha hora de brilhar", comentou ele.

Novos valores

Hoje Caio Vidal que custou "apenas" R$ 300 mil aos cofres do Internacional, após assinar seu novo contrato em 2020 recebeu uma multa rescisória de 50 milhões de euros - algo em torno de R$ 331,6 milhões na cotação atual; valor esse mil vezes maior que o pago pelo Inter quando o contratou junto ao clube de Caruaru.