Com a nova diretoria do Internacional eleita nesta última terça-feira - 15 de dezembro e com essa já "trabalhando" em busca de nomes e em meio à transição de poder dentro do clube, Alessandro Barcellos revelou que mesmo estando em contato com o espanhol Ángel Ramírez para comandar o time na próxima temporada, não pretende ele modificar a comissão técnica assim que assumir o cargo de mandatário; até para não atrapalhar o time que estará na reta final do Brasileirão.

Além do nome sugerido para comandar o time colorado a partir de fevereiro do próximo ano, o novo presidente colorado deixou os torcedores do Inter bastante alegres, após esse admitir a possibilidade de estar trazendo um velho conhecido para o elenco; aqui nos referimos ao meia-atacante Taison, que poderá ocupar o lugar de D’Alessandro que neste final de semana fará a sua despedida pelo Inter diante do Palmeiras.

Miguel Ángel Ramírez

Praticamente acertado com o Inter, resta saber de fato se esse irá assumir o time já em janeiro ou após o final do Brasileirão 2020, que está marcado para finalizar em fevereiro do próximo ano. Essa dúvida deve ser sanada até no máximo essa próxima sexta-feira, conforme destacou o próprio presidente eleito do Inter.

"Estamos desde hoje (quarta-feira) sentindo o ambiente, como estão as ideias, como está o vestiário e como estão as coisas para o Inter encarar as 13 últimas rodadas do Brasileirão. A decisão não será porque a vaidade do presidente quer colocar um treinador novo amanhã. Aliás, esse foi um problema que tivemos recentemente e não vamos repetir", destacou Barcellos.

"Miguel Ángel Ramírez é um grande nome e têm outros especulados que reconheço como importantes. Conversamos com vários profissionais e, na medida em que a gente venha a definir alguma mudança, seja em dezembro ou fevereiro, vamos comunicar. É importante para quem assume o clube no meio da temporada, buscando afirmar um novo projeto, que se tenha a busca por alternativas na medida em que não sabíamos se teríamos o técnico. Não tínhamos essa informação. Felizmente, a equipe começa a responder melhor as ideias de Abel", declarou.

Primeiro nome para o time em 2021

Taison sem dúvida alguma deve ser o primeiro reforço do Inter para a temporada 2021 e da nova direção colorada. Segundo informações vindas do próprio clube, o salário que deixará de ser pago a D’Alessandro, será destinado para o acerto com o ex-jogador colorado, que atualmente defende o Shakhtar Donetsk - da Ucrânia.

Transição em andamento

Também nesta última quarta-feira, a direção eleita nesta semana se reuniu com a atual direção do Inter, onde iniciaram uma espécie de transição de cargo, sendo que Marcelo Medeiros convidou Alessandro Barcellos a acompanhar a delegação colorada nos últimos jogos pelo Campeonato Brasileiro e esse prontamente aceitou. Assim, desta forma, a direção de Barcellos vai aos poucos tomando conta do clube, onde a partir do dia 1º de janeiro de 2021 assume de verdade.