Ainda sem receber o pagamento da multa de Eduardo Coudet pela quebra de contrato, a direção do Inter cogita ir à FIFA se o clube gaúcho não for pago nesta semana. Quase um mês depois de pedir demissão do Sport Club Internacional, o clube brasileiro ainda aguarda pelo pagamento da multa rescisória do treinador argentino que agora comanda o Celta de Vigo - na Espanha.

Segundo informações apuradas pelo site "globoesporte.com", o clube espanhol que ficou de pagar o valor, já estaria atrasado com esse, no entanto, as direções já conversaram sobre um acordo para o pagamento dos valores pendentes e o colorado espera que esse seja efetuado ainda nesta semana.

Como as direções entraram em contato sobre o assunto, e chegaram a um acordo, a direção do Inter irá esperar um pouco mais, aguardando o pagamento, porém, não está descartado acionar o Celta de Vigo junto a FIFA para cobrar os valores aqui devidos.

R$ 10 milhões por quebra de contrato

Vale lembrar que o contrato do técnico argentino tinha uma cláusula que previa que a parte que desejasse romper o vínculo antes do dia 1º de janeiro, teria que pagar todo restante do contrato, equivalente a R$ 10 milhões.

Eduardo Coudet deixou o Inter no início de novembro, depois de ter recebido uma proposta para comandar o Celta de Vigo - da Espanha. Pelo clube brasileiro, ele somou 46 jogos, com 24 vitórias, 13 empates e 9 derrotas - um aproveitamento de 61,5%.