Após a saída de Everton para o Benfica, o Grêmio está no mercado observando a situação de possíveis jogadores para reforçar o elenco, tendo em vista o alto número de jogos e competições da atual temporada. Sendo assim, a diretoria tricolor já tem seus alvos estabelecidos, e de acordo com informações publicadas pelo canal de televisão "TVI 24", de Portugal, um dos desejos do tricolor gaúcho seria o meia argentino Franco Cervi.

Cervi, de 26 anos de idade, não faz parte dos planos do técnico Jorge Jesus para esta temporada no Benfica, e por isso, uma saída poderia ser facilitada pela diretoria do clube português. O bom relacionamento entre os clubes no mercado após a negociação de Everton há cerca de dois meses também poderia ser um facilitador na situação.

Nas últimas temporadas, o nome de Cervi já foi especulado no futebol gaúcho, porém no Internacional. Entretanto, nas ocasiões anteriores, o clube português optou por não negociar o atleta por entender que poderia ser utilizado no elenco principal. Entretanto, a situação neste momento é diferente, já que ainda não atuou pelo Benfica nesta temporada.

De acordo com as informações da imprensa portuguesa, a proposta do Grêmio seria de empréstimo de uma temporada, com opção de compra estabelecida em 10 milhões de euros (aproximadamente R$66,2 milhões na cotação atual).

Cervi em ação pelo Benfica. (Foto: Divulgação/ SL Benfica)
Cervi em ação pelo Benfica. (Foto: Divulgação/ SL Benfica)

Cervi teve grande destaque vestindo a camisa do Rosario Central, da Argentina, no ano de 2016, onde o meia ajudou sua equipe a chegar nas quartas de finais da Copa Libertadores da América. Além dele, outros jogadores também tiveram ótimo rendimento, como o também meia Lo Celso, que atualmente está no Tottenham, da Inglaterra.

Pelo Benfica, Cervi possui 203 partidas, com 27 gols marcados e 36 assistências. Pelo clube, venceu duas edições do Campeonato Português, além de uma edição da Copa de Portugal e duas edições da Supertaça de Portugal. Seu valor de mercado atualmente está estabelecido em 8 milhões de euros (cerca de R$53 milhões), e possui contrato até 30 de junho de 2023.