O retorno do lateral-esquerdo Caio Henrique para o Atletico de Madrid pegou a diretoria do Grêmio de surpresa no fim da última semana. O jogador havia sido contratado pelo clube gaúcho por empréstimo até o fim de 2020, mas graças a um pedido do clube espanhol, o Grêmio perdeu uma de suas principais contratações para esta temporada.

Com isso, a alta cúpula do clube busca alternativas de reposição para o setor, seja através de contratações ou até mesmo dando chances para outros jogadores do atual elenco, além das categorias de base. E, após surgir especulações de que o clube gaúcho estaria analisando a contratação de Diogo Barbosa, do Palmeiras, os dirigentes gremistas já tomaram a primeira decisão sobre o assunto: Analisar o aproveitamento de jogadores das categorias de base.

O primeiro e principal nome das categorias de base que está sendo muito cotado para subir ao time profissional é Guilherme Guedes. O jovem, que já está integrado ao elenco profissional do clube há alguns meses, ainda não recebeu oportunidades no time principal, mas é muito bem avaliado internamente e é uma grande aposta do clube para os próximos anos.

Guilherme Guedes é muito bem visto pela comissão técnica gremista, e deve receber oportunidades no time principal. (Foto:Divulgação/Grêmio)
Guilherme Guedes é muito bem visto pela comissão técnica gremista, e deve receber oportunidades no time principal. (Foto:Divulgação/Grêmio)

Além dele, outro jogador oriundo das categorias de base que está sendo avaliado é Matheus Nunes, que foi capitão do time na Copa São Paulo de Futebol Jr, na campanha que levou o Grêmio até a grande final da competição. Entretanto, mesmo com o bom desempenho na base, o jogador deve ser preparado por mais tempo nas categorias de base.

No atual elenco, o Grêmio conta com Bruno Cortez, que está no clube desde 2017, e até o início desta temporada, era titular absoluto da posição. Além dele, Marcelo Oliveira também pode voltar à sua posição de origem, mesmo que tenha se tornado zagueiro. Um retorno de Juninho Capixaba, que está emprestado ao Bahia, não está na pauta dos dirigentes gremistas.