Mesmo que seja um dos clubes mais organizados financeiramente no Brasil, o Grêmio começa a sentir os efeitos da paralisação das competições oficiais, inclusive com o atraso, e o adiamento em parte dos salários dos jogadores e da comissão técnica. Entretanto, o clube gaúcho tem a grande oportunidade de se restabelecer, e inclusive, podendo lucrar na próxima janela de transferências.

Alguns jogadores que estão próximos de ser negociados pertencem, ou tem alguma porcentagem relativa ao Grêmio. O caso mais conhecido nas últimas semanas é do atacante Everton, que está no atual elenco tricolor, e que desperta interesse de alguns clubes europeus, principalmente do Napoli, da Itália. Caso o clube gaúcho aceite negociar o atacante, receberá cerca de 25 milhões de euros (R$153,5 milhões na cotação atual), e ficará com 65% do valor, tendo em vista que a porcentagem final pretence a empresários.

Everton está muito perto de deixar o Grêmio na próxima janela de transferências. (Foto:Divulgação/Grêmio)
Everton está muito perto de deixar o Grêmio na próxima janela de transferências. (Foto:Divulgação/Grêmio)

Confira outros jogadores que podem ser negociados e que podem gerar receitas ao Grêmio

*Alex Telles: O lateral-esquerdo, que atuou no Grêmio no ano de 2013, atualmente veste a camisa do Porto, sendo um dos principais nomes do time português. Seu desempenho chamou a atenção do PSG, que de acordo com os meios de imprensa da Europa, está muito próximo de conseguir sua contratação. Os valores devem atingir cerca de 25 milhões de euros ( R$153,5 milhões na cotação atual), e com isso, o Grêmio deve receber aproximadamente R$900 mil, por conta do mecanismo de solidariedade da FIFA.

(Foto:Divulgação/UEFA)
(Foto:Divulgação/UEFA)

*Matheus Henrique: O meia, que é um dos destaques do atual elenco do Grêmio, desperta interesse do Manchester City, de acordo com informações do jornal inglês The Manchester Evening News. Entretanto, nenhuma das partes confirma qualquer sondagem ou negociação. Vale lembrar que a multa rescisória de Matheus Henrique no Grêmio é de 80 milhões de euros (R$491,2 milhões na cotação atual). O clube possui 90% dos direitos econômicos do jogador.

(Foto:Lucas Uebel/Divulgação/ Grêmio FBPA)
(Foto:Lucas Uebel/Divulgação/ Grêmio FBPA)

*Tetê: O jogador, que nunca atuou profissionalmente pelo Grêmio, foi negociado com o Shakhtar Donetsk, por cerca de 10 milhões de euros (R$ 44 milhões na cotação da época). O clube gaúcho ainda ficou com 15% dos direitos econômicos do atacante, que agora desperta interesse do Bayern de Munique. Além da parte dos direitos econômicos, o clube ainda terá direito a uma parte por conta do mecanismo de solidariedade da FIFA.

(Foto: Reprodução/Twitter)
(Foto: Divulgação/UEFA)