Um dos reforços do Grêmio para a temporada de 2020, o atacante Diego Souza falou sobre os efeitos que podem ser sofridos pelo clube e pelos funcionários, tendo em vista a paralisação das atividades por conta da pandemia do novo Coronavírus. Nas últimas semanas, começaram as negociações para que os jogadores reduzissem parte de seus vencimentos, com o objetivo de diminuir gastos para os clubes, tendo em vista que não haverá receitas.

Diego declarou que entende o momento vivido por todos, e afirmou que o diálogo será o melhor caminho para resolver a situação:

"A gente entende o que o clube vai passar. Todo mundo trabalha e tem seus direitos, mas penso que o clube conversando se resolve. Cada caso é um caso. Felizmente, eu tenho uma carreira mais perto do final e consegui juntar meus recursos, consigo ter um pouco mais de tranquilidade. A gente tem de pensar no todo, no grupo. Alguns não têm condições de perder tanto por seus compromissos, mas será resolvido da melhor maneira possível." afirmou o atleta à Rádio Gaúcha.

Diego Souza declarou que há a possibilidade de reduzir vencimentos durante a paralisação das atividades do clube. (Foto:Divulgação)
Diego Souza declarou que há a possibilidade de reduzir vencimentos durante a paralisação das atividades do clube. (Foto:Divulgação)

Artilheiro do Grêmio na temporada, com cinco gols em oito jogos, o atacante afirmou que o time não será muito prejudicado por conta da parada. Segundo ele, o conhecimento do técnico Renato Portaluppi é um fator importante para o time voltar ao ritmo ideal:

"Sou muito tranquilo quanto ao nosso time porque já joga junto há muito tempo. Não haverá dificuldade em uma readaptação rápida, em conseguir apresentar um futebol coletivo. Independente da parada, o nosso treinador conhece bem o grupo. Olho para meus companheiros e vejo um grupo forte. Quando você tem um time qualificado, as coisas acontecem da melhor maneira possível." avaliou.