Um dos grandes símbolos da nova era vencedora do Grêmio, Maicon pode entrar para a história do clube mais uma vez. Dito por muitos como o termômetro do meio-campo da equipe comandada pelo técnico Renato Portaluppi, o jogador está prestes a completar mais uma marca importante em sua trajetória pelo tricolor gaúcho: Desde 2015 em Porto Alegre, o jogador pode chegar a 200 jogos vestindo a camisa azul, preta e branca. No clássico Gre-Nal completou 199 partidas e 11 gols marcados. Seu retrospecto contém 110 vitórias, 52 empates e 34 derrotas. Aproveitamento de 63,99% pelo clube.

Grande líder do elenco gremista, Maicon vem se caracterizando por ser um dos grandes "parceiros" dos jovens jogadores oriundos das categorias de base do Grêmio, sendo muito importante no processo de evolução de Arthur, Jean Pyerre e Matheus Henrique, por exemplo. Esse último é seu parceiro de meio-campo na equipe de Renato Portaluppi. Na temporada 2018 foi um dos destaques da equipe. Suas boas exibições, tranquilidade de jogo e a qualidade nos passes chamaram a atenção de Tite, técnico da Seleção Brasileira, que pré-convocou o jogador para a Copa do Mundo da Rússia de 2018. Naquele ano também foi o melhor passador das Américas com um número expressivo de passes corretos na Libertadores.

Maicon pode completar 200 jogos pelo Grêmio diante do Caxias, neste sábado. (Foto:Divulgação)
Maicon pode completar 200 jogos pelo Grêmio diante do Caxias, neste sábado. (Foto:Divulgação)

"É uma alegria imensa fazer parte desse clube e conviver com essa torcida. Foram anos de reconstrução e conquistas de muitos títulos importantes para o Grêmio. Já são 5 anos aqui e minha 6ª temporada jogando por esse grande clube. Sou muito grato pela direção e comissão técnica pela confiança que me passam. Feliz e agradecido por essa torcida que sempre me apoiou e nos deram forças para alcançarmos nossos objetivos," afirma Maicon.

Podendo erguer seu sétimo troféu pelo Grêmio, Maicon já está na história recente do time como capitão mais vitorioso da década e que mais ergueu taças. São seis títulos até aqui: Copa do Brasil de 2016, Copa Libertadores da América de 2017, Recopa Sul-Americana de 2018, dois Campeonatos Gaúchos (2018 e 2019) e a Recopa Gaúcha de 2019.