Um dos principais jogadores da seleção brasileira sub-23, o lateral-esquerdo Caio Henrique, ex-Fluminense, será jogador do Grêmio. Após a chegada dos documentos por parte do Atletico de Madrid, o jogador realizou exames médicos na Granja Comary, onde a seleção brasileira se prepara para a disputa do pré-olímpico, e esteve acompanhado de alguns dirigentes do Grêmio, entre eles o diretor de futebol do clube, Klauss Câmara. Além dele, esteve presente também o médico do clube, Márcio Dorneles.

O clube gaúcho ainda espera o último documentação de liberação do empréstimo do jogador, e após a assinatura do CEO do clube espanhol, o jogador será anunciado como novo reforço do tricolor gaúcho por empréstimo de uma temporada. Para isso, o Grêmio terá que arcar com os salários do jogador integralmente, além de dar preferência de compra a um jogador do atual elenco gremista, cujo nome não foi revelado.

Caio Henrique realizou exames médicos na Granja Comary para assinar com o Grêmio. (Foto: Divulgação)
Caio Henrique realizou exames médicos na Granja Comary para assinar com o Grêmio. (Foto: Divulgação)

A expectativa do Grêmio é de que os últimos documentos cheguem a Porto Alegre ainda nesta quarta-feira, para que o anúncio oficial seja feito. A necessidade de exames médicos na Granja Comary se deu por conta de que o jogador irá viajar com a seleção brasileira olímpica, e com isso, os testes físicos em solo brasileiro se tornam inviáveis. A antecipação do jogo-treino e da viagem inviabilizariam a ida de Caio até Porto Alegre para realizar exames no clube gaúcho. O negócio só será anunciado assim que o Atlético de Madrid liberar a documentação de Caio Henrique.

A negociação entre Grêmio e Atletico de Madrid pelo empréstimo de Caio Henrique se tornou mais longa do que o esperado. Com a tentativa do Fluminense em exercer o seu direito de compra, o clube gaúcho teve de aguardar o término do vínculo de Caio com o clube brasileiro para assim, negociar com os espanhóis.