Edílson é oferecido ao Grêmio, mas clube recusa

Tendo apenas um jogador para a posição, Grêmio teve Edílson oferecido, mas recusou graças ao alto salário e o desejo por não fazer investimentos neste momento.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

A lesão de Leonardo Gomes, na semifinal da Copa do Brasil, fez com que o Grêmio ficasse sem lateral-direito titular para o restante da temporada. Com isso, Galhardo ganhou a posição e deve permanecer para a fase fnial do ano. Entretanto, um velho conhecido do tricolor gaúcho foi oferecido para voltar ao clube: Trata-se de Edílson, que está atualmente no Cruzeiro.

O jogador foi oferecido ao clube, fez contatos até com jogadores, mas o Tricolor não tem a intenção de recontratá-lo, conforme apurou a imprensa gaúcha. Além do momento físico do jogador, que vem convivendo com lesões nesta temporada, os altíssimos salários recebidos pelo atleta na equipe mineira impossibilitam o início das negociações. Estima-se que Edílson tenha salário de cerca de R$700 mil mensais.

Edílson foi campeão da Copa do Brasil em 2016 e da Copa Libertadores da América em 2017 com o Grêmio, e mesmo com a grande idolatria por parte da torcida, a contratação do jogador está praticamente descartada pela diretoria gremista.

mmm

Não há certeza quanto às situações de Galhardo e Léo Moura. Ambos ficam sem contrato no final do ano e não têm sequência definida ainda. Portanto, o Grêmio já observa opções mais jovens para a lateral direita como alternativa a Leonardo em 2020.

Galhardo é o titular de momento. Léo Moura se recupera de lesão muscular na coxa esquerda e deve retomar aos treinos 10 dias antes do primeiro jogo da semifinal da Libertadores com o Flamengo, no dia 2 de outubro. Leonardo rompeu o ligamento cruzado posterior e passará por cirurgia. Deve ficar fora de seis a oito meses.

Mais sobre: gremio edilson cruzeiro
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal