#NuncaCritiquei: Como André superou as críticas e se tornou destaque na classificação gremista na Libertadores

Os dois gols e o destaque diante do Libertad, na última quinta-feira, fez com que André ganhe fôlego na briga pela vaga no time titular de Renato Portaluppi.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Sem dúvidas, o atacante André foi um dos jogadores mais contestados do atual elenco do Grêmio. O jejum de gols que durava quase 3 meses vinha incomodando muito a torcida gremista e fazendo com que sua vaga no time titular fosse muito contestada há algum tempo. Entretanto, a noite da última quinta-feira, que ficou marcada pela grande vitória do tricolor gaúcho, também pode ter sido marcante para um recomeço do centroavante em sua trajetória no Grêmio.

O resultado garantiu o Tricolor nas quartas de final da Libertadores para duelos com o Palmeiras. André incorporou o apelido do comandante Renato Gaúcho, chamado de "homem-gol", para balançar as redes, o que não ocorria desde o dia 5 de maio. Mesmo sem anotar o primeiro, foi protagonista ao comemorar com Jean Pyerre e dançar ao lado do meia. O vento enfim virou para o atacante.

- Esse vento veio para levar essa má fase para longe e trazer coisas boas não só para mim, mas para o Grêmio que é o foco. Estou feliz pelos dois gols, dá confiança para o atacante, mas mais feliz porque fizemos dois grandes jogos. O gol dá confiança para continuar tentando, arriscar lances a mais. Lógico que tira um peso, o jejum estava longo. Espero que com esses ventos daqui, as coisas comecem a melhorar e a bola comece a entrar mais vezes - definiu o artilheiro da noite em entrevista para a imprensa.

André teve noite de redenção na última quinta-feira, diante do Libertad. (Foto: Divulgação)André teve noite de redenção na última quinta-feira, diante do Libertad. (Foto: Divulgação)

 De Renato Gaúcho, André sempre ouviu palavras de afago e confiança. O treinador recebeu o carinho do jogador de volta após o segundo gol. Quando também houve um abraço coletivo de todos os atletas do banco com o centroavante. Pequenos exemplos que mostram como o jogador é querido pelo grupo.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal