Em entrevista emocionante, Jael se despede do Grêmio

Visivelmente emocionado, o atacante se despediu de maneira oficial do tricolor. Em mais de 2 anos, foram 3 títulos e uma relação de altos e baixos com a torcida.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Após 2 anos e 2 meses de trajetória, com 67 jogos e 14 gols com a camisa do Grêmio, além de 3 titúlos e um carisma excepcional, chega ao fim a trajetória de Jael no Grêmio. O clube oficializou a transferência do atacante para o TokyoFC, do Japão, e a despedida foi oficialmente feita através de entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira. Muito emocionado, Jael declarou todo o seu amor pelo clube e pelo técnico Renato Portaluppi:

Primeiramente, Jael decidiu fazer um resumo de sua chegada no clube, quando não veio com grande prestígio:

- Foi uma coisa muito importante, foi sacrificante para mim. Acima de tudo, valeu a pena. Cheguei aqui com a maioria contestando, duvidando do Jael. E durante todos os momentos tive que batalhar bastante para mudar esse pensamento. Hoje, vejo que todo meu sacrifício, minha batalha, a entrega 100% nos jogos, está valendo a pena. Vejo que tenho respeito hoje. Cheguei sem ser respeitado, e hoje tenho respeito - declarou.

Foi evidente o sentimento de tristeza ao falar sobre deixar o Grêmio. A emoção tomou conta do atleta por vários momentos durante suas declarações. Entre elas, Jael revelou que pensou em deixar o tricolor no final de 2017, mas preferiu ficar:

- Lembro que no final de 2017, algumas propostas financeiramente era melhores que o Grêmio. Falei que não ia pensar em dinheiro. Naquele momento falei para ela (esposa) que ia renovar com o Grêmio para mudar o pensamento de todos, mudar minha história no Grêmio - completou.

Jael foi transferido para o futebol japonês.Jael foi transferido para o futebol japonês.

Além disso, Jael fez questão de agradecer Renato Portallupi por trazê-lo ao Grêmio:

- É sensacional, um cara que agradeço imensamente, abriu minhas portas. Tentou me trazer em outras oportunidades para o Grêmio. Ele é muito engraçado, ele estava no Athletico em 2011, eu estava na Portuguesa, ele me ligou, me indicou, e acabei não indo. Fui para o Flamengo. Me ligou falando que não ia me indicar para canto nenhum mais. E fiquei cinco anos sem falar. Aí veio a vinda para cá. Falei isso para ele, ele disse que não guardava rancor, aí tu vê o tamanho do coração dele - riu o centroavante.

Em publicação nas redes sociais, o Grêmio agradeceu o jogador pelos seus serviços enquanto esteve vestindo a camisa do tricolor. 

Mais sobre: jael gremio
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal