Após a confirmação de Renato Portaluppi de que o Grêmio tem interesse em contratar o atacante Diego Tardelli, o clube entra em concorrência com outros dois grandes clubes do futebol brasileiro. São Paulo e Atlético-MG também já demonstraram interesse no jogador e agora, 3 das grandes forças do nosso futebol travam um duelo para ter Tardelli.

Alguns fatores podem pesar a favor do Grêmio nesta negociação, entre eles os seguintes: 

1- FATOR RENATO: Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o técnico gremista revelou que Diego Tardelli teria pedido ao técnico tricolor para jogar com ele. Ainda segundo Renato, o Grêmio decidiu investir no atleta por se tratar de um sonho antigo da diretoria tricolor.

2- QUESTÃO FINANCEIRA: Dentre os três clubes que estão na briga por Tardelli, o tricolor gaúcho é o clube com a situação financeira mais privilegiada. A contratação do atacante Pablo fez com que os cofres do São Paulo ficassem vazios para grandes investimentos. O atacante foi a contratação mais cara da história do clube e este fator dificulta um novo investimento na mesma posição. Já o Atlético-MG, por sua vez, conta com uma situação financeira mais debilitada ainda. O clube mineiro está focado em reduzir a folha de pagamento, e inclusive, chegou a atrasar alguns pagamentos em dezembro de 2018. O Galo foi o primeiro clube brasileiro a consultar as condições do atleta para 2019, mas a alta pedida praticamente descartou um acordo entre as partes.

3- PROJETO DE EQUIPE: Renato Portaluppi está no comando do Grêmio desde meados de 2016. De lá pra cá, o treinador ficou famoso por recuperar jogadores que estavam em baixa ou por formar elencos competitivos com peças baratas. Em 2017, com a conquista da Copa Libertadores, o treinador gremista conseguiu valorizar seu elenco, e isso facilita as negociações com jogadores de mais grife. Com um elenco muito bem encaixado e um projeto muito mais vantajoso do que os seus concorrentes, o Grêmio sai na frente, pois o São Paulo já está em situação complicada na pré-libertadores e o Atlético-MG tem um elenco ainda em formação.

A direção do clube gaúcho foi a São Paulo nesta tarde e continuará agora as tratativas de Porto Alegre, ainda otimista a um desfecho positivo no negócio. A proposta é de 2 anos de contrato e R$ 500 mil de salário, mais premiações, podendo chegar a R$ 1 milhão.

Se a negociação entre Grêmio e Tardelli vai se concretizar, ainda é preciso aguardar. Porém, o clube gaúcho sai na frente em praticamente todos os pontos que interessam o atleta e seus agentes.