Após não conseguir trazer Thiago Neves para Porto Alegre, a direção gremista já avalia ver as opções que tem em casa, antes de sair para o mercado atrás de um novo meia para o elenco em 2019.

Depois de não conseguir realizar um dos pedidos de Renato Portaluppi, o Grêmio deverá dar chances para os jogadores já disponíveis em seu plantel; pelo menos nesse início de temporada - mas para isso deverá antes consultar seu treinador, com o objetivo de avaliar os jogadores que tem em casa.

Com os reforços de Romulo - volante, Montoya - meia, a direção gremista acredita que Renato já possa esboçar um novo "Grêmio" para esse início de temporada, depois das saídas de Douglas e Ramiro. Existe ainda grandes chances do "Tricolor Gaúcho" fechar nas próximas horas com o atacante Felipe Vizeu.

Os dirigentes que se reuniram no início desta semana, irão propor ao treinador assim que ele estiver apto a retornar aos "trabalhos", depois de passar por uma intervenção cirúrgica no coração, a opção de não contratar um meia "às pressas" nesse início de temporada, assim como declarou um dos dirigentes gremistas ao site "globoesporte.com".

"Estamos trabalhando em cima deste assunto, com reuniões e muitas conversas. Dado ao que agregamos recentemente, conseguimos fazer uma formulação tática e iniciar com um tempo e posterior a esse, pensar taticamente se precisaremos ir em busca de mais um meia para o nosso elenco", declarou Deco Nascimento.

A direção gremista tem como meta inicial observar certos atletas, como por exemplo, Jean Pyerre e Thonny Anderson - esse atuando mais atrás dos centroavantes.

Até o momento, o Grêmio trouxe para a Arena o volante - Romulo, o meia - Montoya e o goleiro - Júlio César. Com a eminente chegada de Felipe Vizeu, o Tricolor Gaúcho ainda espera contratar um lateral-esquerdo; o mais próximo de Porto Alegre é o argentino Mas, do Boca Juniors.