Chegou ao fim um ciclo com mais de 400 jogos - estamos falando do goleiro Marcelo Grohe, que está deixando o Brasil rumo à Arábia Saudita. O arqueiro que completará 32 anos no próximo mês foi vendido ao Al-Ittihad por cerca de US$ 3 milhões (R$ 11,6 milhões).

Mesmo a direção gremista ainda não tendo confirmada a negociação de forma oficial, a mesma já é dada como completada, faltando apenas o anúncio oficial. O pedido surgiu do próprio jogador, que viu na proposta do time árabe, a sua chance de conquistar a sua independência financeira - algo que nenhum time brasileiro poderia oferecer de forma igualitária ou maior.

Com sua saída, Grohe encerra um ciclo de 19 anos no "Tricolor Gaúcho", onde vestiu a camisa preta, azul e branca em 408 partidas oficiais, cumprindo todos os estágios dentro do clube - passando das categorias de base, subindo para os profissionais em 2005 e assumindo a titularidade do gol a partir de 2014.

Pelo Grêmio, Marcelo Grohe era um dos jogadores mais vitoriosos do atual elenco, tendo ele conquistado entre o título da Série B, em 2005, a Copa do Brasil, em 2016, a Libertadores da América, em 2017 e a Recopa Sul-Americana, em 2018. Isso sem falar no Campeonato Gaúcho, conquistado em 2006, 2007, 2010 e 2018.

Além das inúmeras conquistas, o goleiro de 32 anos conseguiu ultrapassar um ídolo em questão de tempo dentro do clube - falamos de Danrlei, que ficou no Grêmio por 10 anos; já Marcelo Grohe nos profissionais vestiu a camisa de goleiro por 12 anos, perdendo somente para Eurico Lara, que permaneceu no Tricolor entre 1920 a 1935.

Já por seu novo clube, Marcelo Grohe encontrará outros brasileiros, como Valdívia (ex-Internacional), Romarinho (ex-Corinthians) e Jonas. No atual campeonato árabe, o Al-Ittihad é o penúltimo colocado, com apenas seis pontos em 14 jogos disputados até aqui. Grohe deverá se apresentar ao clube árabe após as festas de final de ano.