Aos 36 anos, Douglas - meio-campista não teve seu contrato renovado junto ao Grêmio, com isso, o "maestro" se despede da torcida, agradecendo pelo carinho a ele sempre prestado. O atleta estará livre no mercado a partir de janeiro.

Sem "ressentimentos", o próprio atleta publicou em suas redes sociais uma mensagem de despedida agradecendo a torcida e ao clube por todos esses anos a serviço do Tricolor Gaúcho.

"Sinto orgulho imenso e uma alegria enorme por ter vestido essa camisa, foi um privilégio", declarou o "Maestro" em sua rede social.

Em sua segunda passagem pelo Grêmio, entre 2015 a 2018, Douglas participou de 136 jogos, onde marcou 20 gols. Além das partidas e dos gols marcados, o "ex-camisa 10" gremista conquistou cinco títulos nesses três últimos anos no clube gaúcho, como a Copa do Brasil, em 2016 - tendo sido ele escolhido o melhor jogador da competição - título esse que quebrou a "zica" de 15 anos sem títulos do Tricolor Gaúcho.

Porém, dos três anos em Porto Alegre, dois não foram os melhores - em fevereiro de 2017, o meia sofreu uma lesão grave no joelho direito, onde rompeu o ligamento cruzado anterior - lesão essa que o fez passar por uma cirurgia e uma longa recuperação. Quando iniciou o processo de retorno desta, em outubro do mesmo ano, voltou a se lesionar novamente, agora rompendo o músculo externo, precisando assim passar por uma nova cirurgia; voltando a atuar com a camisa tricolor na metade deste ano.

Com passe livre, o meia já teria propostas de clubes do Rio de Janeiro, entre eles o Fluminense e o Vasco da Gama, entretanto, seu futuro segue incerto.