Grêmio e São Caetano chegam a acordo e Matheus Henrique é comprado em definitivo

O Tricolor adquiriu 70% do passe do jovem volante de 20 anos que teve contrato prorrogado até 2022.

Por
Compartilhe

Depois de definir a compra de 70% do passe do volante Matheus Henrique, a direção do Tricolor Gaúcho acertou um novo contrato com o jovem atleta de 20 anos – o volante renovou seu vínculo com o Grêmio até o final de 2022.

As direções de Grêmio e São Caetano se reuniram em Porto Alegre para acertarem a compra em definitivo do passe do atleta. Com isso o presidente do time paulista esteve na Arena, onde ajustou prazos e termos do negócio junto à direção do Tricolor Gaúcho. O Grêmio pagou uma quantia não revelada para o São Caetano por mais essa porcentagem adquirida – o Grêmio tinha apenas 10% do passe antes de finalizar o novo negócio. Os outros 30% pertencem ao jogador e a empresários.

Matheus Henrique - volante gremista.Matheus Henrique - volante gremista.

Porém, o novo vínculo do jovem volante com o clube gaúcho só terá vigor a partir de janeiro de 2019. A direção gremista informou que ficou receosa em registrar um novo documento agora e passar a ter complicações jurídicas junto a CBF e na Conmebol.

Em entrevista ao “gauchazh”, o presidente do clube paulista revelou o seguinte:

“O Matheus já é do Grêmio, está tudo acertado”, declarou ele.

Com a aquisição de mais da metade do passe de Matheus Henrique, o Grêmio aposta a partir de agora que o atleta possa ter o mesmo sucesso de Mário Fernandes, outro jogador gremista que veio do ABC Paulista em uma negociação muito parecida com a de agora. Vale lembrar que Mário Fernandes depois de dois anos no Tricolor Gaúcho foi negociado ao CSKA Moscou, por 13 milhões de euros.

 

Comentários