Grêmio encaminha renovação de contrato com Everton

Até ontem, segundo a própria direção, nenhuma proposta oficial havia chegado à mesa do presidente Romildo Bolzan Júnior.

Por
Compartilhe

Com a janela de transferências ainda aberta e com o assédio europeu cada vez maior, a direção do Grêmio apresentou nesta semana uma nova proposta de renovação com o atacante Everton – a mesma já está encaminhada.

Destaque até aqui da equipe comandada por Renato Portaluppi, Everton, 22 anos é o artilheiro do time nesse primeiro semestre de 2018 – feito que vem chamando a atenção do “Velho Continente”, principalmente de times da Alemanha e da Inglaterra.

Eveton está na mira de clubes da Europa.Eveton está na mira de clubes da Europa.

De acordo com o site “globoesporte.com”, a proposta de renovação que começou a ser alinhavada em maio deste ano, já está nas mãos do empresário do jogador – Gilmar Veloz. O novo acordo apresentado pelo Grêmio prevê valorização salarial e um aumento da multa rescisória.

Vale lembrar que na última quarta-feira, quando o Grêmio empatou em 1 x 1 com o Flamengo, pela Copa do Brasil, olheiros do Manchester City, Bayer Leverkusen e Borussia Dortmund estiveram presentes na Arena para observar o camisa 11 gremista. Há poucos dias, a Lazio, da Itália, foi outro clube da Europa que demonstrou interesse no jovem atacante gremista.

Até ontem, segundo a própria direção, nenhuma proposta oficial havia chegado à mesa do presidente Romildo Bolzan Júnior. Vale ressaltar que o presidente em entrevista coletiva já manifestou que Everton pelo menos por hora é dado como “inegociável”, visto sua importância no atual elenco comandado por Renato. Mas dias após o comentário, Romildo admitiu que caso chegasse uma proposta que atenda aos interesses do clube, não descartaria uma negociação ainda neste ano.

Pelo Grêmio, Everton que foi alçado ao time principal em 2015, nesta temporada (2018) já completou 31 partidas, onde marcou 11 gols, dando ainda 5 assistências. O atual contrato do atacante com o Grêmio se encerra no final de 2020.

Comentários