Marinho chega a Porto Alegre para reforçar o Grêmio

O jogador chega ao Tricolor Gaúcho pelo valor de R$ 10 milhões, com um contrato até o fim de 2021.

Por
Compartilhe

Ele está de volta ao Brasil; agora de “mala e cuia”. Após um ano e meio no futebol asiático, Marinho está de volta ao país, agora para defender o Grêmio – com contrato acertado por três anos e meio, o ex-meia-atacante do Changchun Yatai chegou a Porto Alegre nesta última quarta-feira, onde desembarcou no Aeroporto Salgado Filho com sua família para esse novo desafio em sua carreira.

O jogador desembarcou em Porto Alegre nesta quarta-feira.O jogador desembarcou em Porto Alegre nesta quarta-feira.

Com 28 anos, o jogador se mostrou ciente perante o novo desafio e agradecido com a chance de poder vestir a camisa do “Tricolor Gaúcho”. Em suas primeiras palavras em solo gaúcho, Marinho disse que está bem fisicamente e tranquilo com o retorno ao Brasil após cumprir uma temporada e meia na China.

“Agradeço pela oportunidade. Tem muitas coisas para disputar, muitos títulos em jogo. Espero que possa chegar aqui para ajudar, conseguir fazer o Grêmio maior ainda e ganhar títulos. A gente acompanha sempre as notícias, vimos a qualidade que a equipe tem. Um grande plantel e uma camisa muito pesada, estou bem fisicamente e agradeço por poder voltar ao meu país”, afirmou o novo reforço gremista.

Marinho dando atenção aos torcerdores gremistas.Marinho dando atenção aos torcerdores gremistas.

Prestativo com os torcedores do Grêmio, o jogador educadamente se recusou tirar uma foto com um torcedor são-paulino e assim deixou o saguão do aeroporto.

Lembrando que Marinho não é uma aposta, visto que a direção gremista já havia tentado sua contratação antes mesmo do meia-atacante fechar com seu antigo clube – na China; mas a proposta do Changchun Yatai na época foi mais vantajosa para ele. O jogador chega agora ao Grêmio pelo valor de R$ 10 milhões, com um contrato até o fim de 2021. No Grêmio Marinho deverá disputar vaga com Everton e Alisson no time titular comandado por Renato Gaúcho.

Comentários