Luan treina normalmente e deve reforçar o Grêmio no Brasileirão

Os jogadores do Grêmio voltam ao trabalho nesta terça-feira, às 15h30, com todos os titulares retornando para as atividades.

Por
Compartilhe

Luan volta a treinar com bola e poderá reforçar o Grêmio para o confronto diante do Fluminense, na próxima quarta-feira, pela oitava rodada do Brasileirão – o jogo será disputado na capital gaúcha, na Arena, às 21h45.

Preservado diante do Ceará, no último final de semana – também pelo Campeonato Brasileiro, Luan mostrou nesta última segunda-feira, no CT do Grêmio, estar totalmente recuperado e em condições de jogar. O atacante participou normalmente das atividades com bola – o treino contou apenas com os jogadores que não participaram do último jogo, onde o Grêmio venceu o Ceará por 1 a 0. Os atletas que entraram em campo no último final de semana ganharam folga nesta segunda-feira.

Luan treina normalmente nesta última segunda-feira e deve estar a disposição de Renato para o jogo de quarta-feira.Luan treina normalmente nesta última segunda-feira e deve estar a disposição de Renato para o jogo de quarta-feira.

Além de Luan, estavam também presentes os atacantes Jael e Alisson – esses apenas correram em torno do gramado, uma vez que se recuperam de problemas físicos e não estarão à disposição de Renato Gaúcho para o próximo confronto do Grêmio, no campeonato nacional. Quem deverá se juntar a essa lista de jogadores que ficarão de fora do próximo jogo do Tricolor, deve ser o lateral Léo Moura, que sentiu dores na panturrilha esquerda na última partida no domingo.

Uns saindo, outros voltando, como também é o caso de Arthur, que foi liberado pelo departamento médico para iniciar os trabalhos físicos, nesta última segunda-feira. Afastados a cerca de duas semanas, Arthur deve ser reforço do time para o jogo do próximo domingo, diante do Bahia, na Arena Fonte Nova, pelo Brasileirão, às 16 horas .

Os jogadores do Grêmio voltam ao trabalho nesta terça-feira, às 15h30, com todos os titulares retornando para as atividades.

Comentários