Presidente gremista nega qualquer possibilidade de Arthur sair antes do final do ano

“Não existe a menor possibilidade, não tem jeito, isso já está contratualizado. A única coisa que eles têm direito é de exercer a opção de compra, que deverá ser realizada até o dia 15 de julho", declarou o presidente.

Por
Compartilhe

Com interesse do Barcelona em contar com Arthur já nessa próxima janela de transferências, Romildo Bolzan Júnior – presidente do Grêmio, nega cláusula para sua liberação ao clube catalão em julho.

A notícia que partiu da Europa, não foi muito bem aceita pelos lados da Arena, uma vez que o presidente gremista garante a permanência de Arthur até o final da temporada. Bolzan descarta qualquer possibilidade do Barcelona em levar o volante já na próxima abertura da janela de transferências e disse que não existe nenhuma cláusula em contrato que permita que isso ocorra.

Romildo Bolzan Júnior - presidente do Grêmio.Romildo Bolzan Júnior - presidente do Grêmio.

A declaração foi dada antes do Grêmio entrar em campo, na partida que culminou com a vitória gremista sobre o Defensor, na Libertadores. Na zona mista, Romildo Bolzan Júnior declarou o seguinte:

“Não existe a menor possibilidade, não tem jeito, isso já está contratualizado, já está escrito. A única coisa que eles têm direito é de exercer a opção de compra, que deverá ser realizada até o dia 15 de julho. Neste momento nunca foi levado isso para a mesma”, destacou o mandatário gremista.

A informação do interesse do clube catalão em contar com Arthur antes do prazo estipulado foi publicada pelo jornal espanhol “Mundo Deportivo”, que noticiou a intenção do Barcelona em contar com o volante antes do prazo firmado entre as partes.

Ainda de acordo com o diário espanhol, o Barcelona deverá enviar ao Brasil, o diretor esportivo Pep Medina para negociar a ida antecipada do volante – além dessa negociação, o mesmo deverá tentar convencer a direção do Santos em aceitar negociar Rodrygo com o clube espanhol. Em relação ao volante gremista, a sua antecipação está totalmente ligada com a saída de Iniesta para o Japão. Vale salientar que a partir do pagamento da prioridade, Arthur passa a ser jogador do Barcelona e não mais do Grêmio.

Mais sobre: gremio barcelona arthur
Comentários