O Grêmio está prestes a fazer a maior contratação de sua história. Depois de alguns meses de especulação e propostas, o tricolor gaúcho está acertado com o meia-atacante Douglas Costa, que está próximo de conseguir rescisão de contrato com a Juventus. Aos 30 anos de idade, o jogador está próximo de ser anunciado pelo Grêmio.

O capítulo mais recente desta novela foi o encontro entre Grêmio e Douglas Costa no fim da manhã desta quarta-feira (12). Nesta reunião, estavam o próprio jogador, além de Carlos Amodeo (CEO), Marcos Hermann (Vice-presidente de futebol), e o empresário Jorge Machado. O encontro aconteceu a pedido do jogador, que sempre demonstrou desejo de retornar ao seu clube de coração.

Contrato e salário de Douglas Costa com o Grêmio

Em seu contrato com o Grêmio, Douglas Costa terá salário consideravelmente menor do que recebia nos anos em que foi jogador da Juventus. Para acertar seu retorno ao Grêmio, o jogador teve de baixar de R$3,5 milhões para R$1,5 milhão por mês. O contrato completo de Douglas Costa tem:

  • Contrato de 2 anos e 6 meses (com opção de renovação);
  • Salário de R$1,5 milhão/mês;
  • Cláusula de produtividade (meta de jogos) para receber a integralidade do salário;
Aos 30 anos de idade, Douglas Costa depende apenas da rescisão com a Juventus para ser anunciado pelo Grêmio. (Foto: Reprodução)
Aos 30 anos de idade, Douglas Costa depende apenas da rescisão com a Juventus para ser anunciado pelo Grêmio. (Foto: Reprodução)

Além da quantia mensal, Douglas Costa terá de abrir mão de 6 milhões de euros (R$43 milhões na cotação atual). Este é o valor total de salários que o jogador tem direito a receber pela última temporada com o clube italiano, já que seu contrato se encerra em junho de 2022.

Para rescindir com o brasileiro, a condição da Juventus é de que não tenha de pagar essa quantia. O clube italiano busca de forma desesperada, economizar e cortar gastos desnecessários. Veja os melhores momentos do jogador na última temporada:

Lesões geraram questionamentos no Grêmio

O recente e grave histórico de lesões de Douglas Costa nas últimas temporadas, em que atuou na Juventus e no Bayern de Munique, foi motivo de muitos questionamentos e de receio por parte da direção gremista.

Nos últimos 3 anos, foram 9 lesões, sendo 7 delas musculares. Este fato fez com que o Grêmio tivesse como objetivo colocar cláusula de produtividade para viabilizar o acordo, e pagar um salário "justo". Em um primeiro momento, o staff de Douglas Costa rejeitou a situação, mas agora, as partes chegaram em um acordo.

Revelado pelo Grêmio em 2008, Douglas Costa teve destaque rápido, e logo foi vendido ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Por lá, foi ídolo e negociado com o Bayern de Munique, onde sob o comando de Pep Guardiola, foi considerado um dos melhores de sua posição no futebol mundial. Negociado com a Juventus por aproximadamente 40 milhões de euros, Douglas não conseguiu apresentar o futebol que se era esperado.

Foto vazada gerou agito nas redes sociais

Tudo começou com uma foto que vazou nas redes sociais. Nesta imagem, aparecem Douglas Costa e Marcos Hermann, um ao lado do outro. Depois disso, surgiram especulações e informações, posteriormente confirmadas pelo vice-presidente tricolor, de que resta apenas a oficialização da rescisão de contrato com a Juventus para que Douglas seja anunciado pelo Grêmio.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)