Os próximos dias prometem ser agitados pelos lados do Grêmio. Dentro de campo, com foco na importante partida contra o Lanús, da Argentina, pela Copa Sul-americana, nos bastidores, a semana se inicia visando definição em relação ao futuro do meia Jean Pyerre.

Entre elogios e críticas, o meia alterna altos e baixos com a camisa tricolor, sendo considerado, em um momento, o diferencial técnico da equipe e, em outro, com status de negociável.

Grêmio tentou fechar troca com o Bragantino

Após a derrota na final da Copa do Brasil para o Palmeiras, a direção gremista definiu pela saída do meia, tentando, inclusive, incluí-lo em uma troca com o RB Bragantino pelo meio-campista Claudinho, destaque do último Campeonato Brasileiro.

Entretanto as partes não conseguiram chegar a um denominador comum, principalmente, pelo fato da equipe de Bragança Paulista não possuir o interesse em Jean Pyerre e em negociar Claudinho com o mercado interno.

Direção gremista possui oferta oficial na mesa

Nas últimas semanas, o meia voltou a ser pauta nos bastidores do Tricolor Gaúcho. Com a expectativa que Tiago Nunes, novo comandante técnico da equipe, irá recuperar o grande futebol do meia, a direção gremista possui negociação em andamento para concretizar a venda de Jean Pyerre.

O Vancouver Whitecaps, clube da Major League Soccer, dos Estados Unidos, demonstrou interesse na contratação do camisa 10 gremista e negocia com o clube gaúcho a aquisição do jogador.

O time americano já apresentou a primeira oferta à direção do Grêmio. A primeira investida girava na casa dos 5 milhões de dólares por 50% dos direitos econômicos de Jean Pyerre. Entretanto, pelos valores iniciais não agradarem, o Grêmio recusou a investida do Vancouver e estabeleceu o preço minímo para a transferência do meia: 9 milhões de dólares.

Após ter a primeira proposta recusada, o clube da MLS apresentou uma nova oferta de 7 milhões de dólares. Tendo estabelecido o valor para a venda, o Grêmio também não aceitou a segunda investida americana.

Clubes marcam reunião para avançar nas tratativas

Mesmo ainda não tendo princípio de acordo, as diretorias dos clubes marcaram uma nova reunião para os próximos dias. O intuito, por óbvio, é de avançar na negociação para a transferência de Jean Pyerre. Nos bastidores, existe otimismo que o Vancouver Whitecaps chegará ao valor pedido pelo Grêmio, de 9 milhões de dólares por 50% dos direitos do atleta.

O Grêmio é detentor de 60% dos direitos econômicos do meia-armador, que possui contrato com a instituição até o final de 2023. Sua multa rescisória é uma das maiores da história do Tricolor Gaúcho: 120 milhões de euros.