Mesmo com suas atenções voltadas à preparação da equipe para os confrontos contra o Independiente Del Valle, válidos pela fase de pré-libertadores, o Grêmio continua no mercado em busca de atletas que atendam as necessidades do time e que, por óbvio, possuam qualificação para agregar ao atual plantel gremista.

Lateral direito é descartado

Nos últimos dias, o nome do lateral direito Rafinha voltou a ser ligado fortemente ao Grêmio, tendo em vista a desistência do Flamengo por sua contratação. Nos bastidores do Tricolor Gaúcho, Rafinha ocasionou até mesmo uma "queda de braço" entre a direção e o técnico Renato Portaluppi.

Antes do duelo contra o São José, que ocorreu na noite da última segunda-feira, o Presidente Romildo Bolzan Jr confirmou o desejo por parte do técnico gremista em contar com o futebol do lateral, entretanto descartou a investida em Rafinha.

"Neste momento do projeto do clube, trazer um jogador, que é vencedor, sem dúvida, mas com 35 anos não se enquadra mais. Conversamos sobre a contratação do Rafinha, externei ao Renato este raciocínio e considero o debate encerrado".

"Quando há uma voz presidencial, há uma voz presidencial. Muitas vezes cedemos, mas, desta vez, pelo projeto, não fizemos algo desta natureza", completou o mandatário gremista.

Ataque é tratado como prioridade

Ainda conforme externou o Presidente Romildo Bolzan, o Grêmio trata como prioridade o setor ofensivo para ser reforçado. O mandatário gremista também expôs o perfil de atacante que agrada ao clube.

"Precisamos de um atacante com característica de finalização, que contribua para a movimentação, mas com faro de gol".

Grêmio faz proposta oficial por Borré

Conforme informação trazida pelo jornalista Jorge Nicola, após o Palmeiras oficializar a desistência na contratação de Borré, do River Plate, o Grêmio apresentou uma proposta oficial para contratar o atacante colombiano.

Segundo o jornalista, a oferta gremista seria de 1,5 milhões de dólares por temporada, somente em âmbito de salário. Em relação às luvas, o Grêmio ofereceu 4 milhões de dólares (cerca de R$ 22 milhões) que seriam diluídos em um contrato de quatro temporadas.

Presidente elogia o atacante, mas nega investida

O Presidente do Grêmio, quando questionado sobre Rafael Borré, elogiou o atacante colombiano, porém negou a investida para contratar o jogador que possui contrato com o River Plate somente até o dia 30 de junho de 2021.

"Vamos combinar. É o óbvio (que possuímos interesse). Duvido que ele não seja avaliado por qualquer clube sul-americano europeu, mas não (fizemos investida)", disse Romildo Bolzan.