O Grêmio ainda não anunciou oficialmente nenhum reforço para a temporada de 2021. Em busca de nomes de peso dentro do mercado sul-americano, a diretoria tricolor segue analisando os nomes, além de já ter efetuado algumas propostas. Entretanto, o primeiro nome que foi procurado pelo clube vem do México: Trata-se do meia Rafael Carioca, do Tigres.

Revelado pelo próprio Grêmio, Rafael Carioca tem o desejo de retornar ao Brasil, principalmente depois da forte repercussão nas atuações no Mundial de Clubes da FIFA, onde seu time foi vice-campeão. Com isso, por entender que pode manter este nível de atuação, o jogador declarou seu desejo de voltar ao Brasil.

Sendo assim, o Grêmio entrou como forte interessado em seu futebol. Em negociações com o Tigres há cerca de duas semanas, o Grêmio vive um forte entrave com o clube mexicano. As tratativas com o jogador avançaram rápido, mas o valor do pagamento do passe ao Tigres não foi acertado até o momento.

Pedida mexicana é considerada acima da realidade pela direção gremista

Segundo a direção gremista, o valor pedido pelo Tigres para venda do passe de Rafael Carioca é fora da realidade. Com a multa rescisória do jogador estabelecida em 8 milhões de dólares (cerca de R$44 milhões na cotação atual). Entretanto, tendo em vista o desejo do jogador de retornar ao Brasil, o valor mínimo aceitável foi definido em 5 milhões de dólares (R$27,5 milhões).

Com isso, o Grêmio realizou duas propostas oficiais: A primeira no valor de 1,8 milhão de dólares à vista (R$9,9 milhões), que foi prontamente recusada. Depois, a nova proposta foi de 3,5 milhões de dólares (R$19,25 milhões), com pagamento parcelado em 24 vezes, e também não foi aceita pelos mexicanos.

Rafael Carioca ainda segue na pauta do Grêmio, mesmo que sem mudanças na proposta. (Foto: Reprodução)
Rafael Carioca ainda segue na pauta do Grêmio, mesmo que sem mudanças na proposta. (Foto: Reprodução)

Sendo assim, o Grêmio comunicou que não irá aumentar mais o valor de sua proposta por Rafael Carioca. Neste sentido, o Tigres encerrou as negociações por entender que não pode baixar mais o valor pedido por um de seus principais jogadores nos últimos anos.

Grêmio analisa outras opções no mercado enquanto aguarda mercado

Sem Rafael Carioca em um primeiro momento, a direção do Grêmio foi ao mercado em busca de outras alternativas. O grande preferido foi o meia paraguaio Matías Villasanti, do Cerro Porteño. Aos 24 anos de idade, o jogador, capitão da seleção paraguaia, apresenta ótimo potencial, além de hoje, ter custo mais acessível.

Nenhuma proposta oficial foi apresentada ainda, mas na última semana, houve uma primeira reunião com alguns representantes do atleta. A direção gremista já sabe o quanto tem de pagar para contratá-lo.

Entretanto, o Grêmio segue aguardando uma mudança do Tigres em relação a Rafael Carioca. O clube gaúcho entende que, diante da vontade do jogador de sair, o Tigres pode baixar ainda mais a sua pedida, e entrar na realidade que o Grêmio pode pagar.

Por enquanto, o clube segue sendo resolvendo outras questões no mercado. Rafinha, que está livre no mercado, será o tema de uma reunião entre a direção nesta segunda-feira, em Porto Alegre. O jogador de 35 anos está em conversas com o Grêmio e está perto de ser anunciado pelo tricolor.