Mesmo com o time e a direção gremista recebendo muitas críticas pela desempenho dentro das quatro linhas, na parte administrativa e financeira, o Grêmio continua sendo exemplo no Brasil.

Na última quinta-feira, o clube publicou seus demonstrativos financeiros equivalentes à temporada de 2020. Mesmo em meio à pandemia, pelo quinto ano consecutivo, o Grêmio conseguiu registrar superávit, desta vez, na ordem de 38 milhões de reais.

A marca é a segunda melhor da história da instituição, ficando atrás apenas do superávit de R$ 54 milhões registrado no ano de 2018. Contabilizando os superávits dos últimos 5 anos, o Grêmio acumulou 160 milhões de reais. O último ano em que o clube registrou déficit foi em 2015 - na ordem de R$ 38 milhões.

Receita Operacional Bruta

Em 2020, o Grêmio obteve uma redução de 1,51% em sua receita operacional bruta total em relação a 2019, alcançando o valor de R$ 489 milhões.

O principal impacto da pandemia recaiu sobre as receitas de televisionamento do Campeonato Brasileiro, pois com o calendário da competição adentrando o ano de 2021, parte desta receita será contabilizada apenas no ano seguinte.

Em relação à Receita Operacional Bruta Recorrente, que é obtida pelo exercício da Receita Operacional Bruta menos a venda de atletas, o clube registrou 370 milhões de reais.

Custo com o desporto

Em relação ao custo total do futebol, abranjendo todos os quesitos institucionais, o Grêmio reduziu minimamente em comparação ao ano de 2019. Em 2020, o Tricolor Gaúcho gastou R$ 310 milhões com o desporto.

Redução no endividamento bancário

Mesmo com a pandemia, o Grêmio conseguiu reduzir o seu endividamento bancário em aproximadamente 75%, tendo um saldo devedor em dezembro de 2020 inferior a R$ 7 milhões.

No final de 2019, o Clube possuía dívida com os bancos de 27 milhões, sendo 11 em longo prazo e 16 em curto prazo. Entrentanto, com a redução estabelecida, o Grêmio registrou, no final de 2020, um endividamento bancário de R$ 7 milhões, sendo 4 em longo prazo e 3 em curto prazo.

Receita da Atividade do Desporto

Em relação à receita obtida com o futebol, o Grêmio registrou o valor de 384 milhões em 2020, R$ 14 milhões a menos do valor obtido na temporada de 2019. Confira os itens que resultaram nesta receita:

  • Negociação de Atletas: 119.640 milhões
  • Receita de Transmissão: 145.635 milhões
  • Receitas Patrimoniais: 70.567 milhões
  • Publicitárias: 32.560 milhões
  • Luvas Contratuais: 16.039 milhões
  • Receita de jogos de futebol: 80 mil