Uma das revelações mais importantes do Grêmio nos últimos anos, o volante Jailson pode ser o primeiro reforço do clube no início da temporada 2021. Depois de retornar ao Brasil para o período de férias, o meia pode estar voltando ao seu clube de origem.

Isso porque, de acordo com informação trazida pelo jornalista Diogo Rossi, o jogador deve ser emprestado ao futebol brasileiro. Com as diversas restrições impostas pelo governo da China em relação a entrada de pessoas no país, o caminho mais acessível seria a permanência no Brasil, e atuar em algum clube por empréstimo.

Sendo assim, o Grêmio é uma das alternativas. Em busca de um camisa 5 no mercado, o clube avalia como uma ótima oportunidade de mercado, já que os custos seriam inferiores a uma contratação em definitivo, por exemplo. Com isso, o clube pode realizar uma proposta nos próximos dias.

Grêmio espera definição dos chineses

Entretanto, para tornar o interesse oficial, o Grêmio precisa esperar a decisão do Dallan Pro, da China, que ainda não definiu a situação de Jailson. Assim que a diretoria tricolor tiver conhecimento disso, irá tentar a contratação do meia. A situação mais provável é de que seja um empréstimo, por uma temporada, sem valor de compra fixado.

Em contato com o empresário do jogador, confirmamos que existem outros dois interessados no futebol de Jailson. Atlético-MG e São Paulo também já realizaram contatos iniciais, e também aguardam definição do Dallan para realizarem propostas oficiais.

No futebol chinês desde setembro de 2020, Jailson chegou ao Dallan vindo do Fenerbahçe, da Turquia. Atualmente, seu valor de mercado está estabelecido em 2,8 milhões de euros (cerca de R$17,9 milhões na cotação atual).