Acabou a novela! Renato Portaluppi acerta renovação e fica no Grêmio até dezembro deste ano. O anúncio do fim da novela envolvendo Portaluppi e Grêmio foi revelado agora a pouco, em um comunicado oficial feito pelo próprio Tricolor Gaúcho em seu site oficial.

Com a permanência de Renato no clube, o Grêmio a partir de agora poderá voltar ao planejamento da temporada 2021, onde ainda resta fechar a temporada 2020, na grande decisão da Copa do Brasil, neste domingo, às 18h, diante do Palmeiras.

Negociação encaminhada

Como todos os gremistas já sabem, o acordo entre treinador e clube já estava acertado desde o início desta semana, quando Renato descartou o interesse do Atlético-MG, restando mesmo apenas o anúncio oficial, que esperávamos que poderia ter sido feito horas antes da final da Copa do Brasil, no entanto, a direção gremista se adiantou e fez esse nesta sexta-feira.

Em entrevista aos canais do clube - Romildo Bolzan Júnior e Renato comentaram sobre o tema; confira:

"Essa renovação se dá antes da final da Copa do Brasil exatamente porque acreditamos no projeto que tem que se reciclar, se renovar, e que vai ser renovado. E que vai cada vez ser melhorado, cada vez mais será reforçado. Temos a expectativa de logo em seguida começar outros torneios, o ano segue e continuidade do projeto cada vez mais consistente é fundamental", revelou o presidente gremista

"Agradeço ao senhor presidente, a direção gremista, e em especial a nossa torcida. Vamos dar sequência nos nossos projetos que são fundamentais nesse grande clube e, acima de tudo, trabalhar bastante com os guris. Se Deus quiser, quem sabe a gente possa aproveitar mais alguns anos, é fundamental o trabalho que a gente tem feito com a base, e buscar mais títulos, que é o nosso objetivo", finalizou Renato.

Desde setembro de 2016 a frente da equipe gremista, Renato ajudou o Tricolor Gaúcho voltar às conquistas, bem como a Copa do Brasil, em 2016, a Libertadores, em 2017, a Recopa, em 2018 e os campeonato estaduais, em 2018, 2019 e 2020, onde nestes quatro anos e meio no cargo, o transformaram no treinador com mais tempo a frente de um time no futebol brasileiro.