Finalista da Copa do Brasil - os jogos decisivos contra o Palmeiras acontecerão nos dias 28 de fevereiro, na Arena, e 7 de março, em São Paulo - o Grêmio, através de sua direção, já começou a se movimentar visando a próxima temporada.

Para 2021, muitas indefinições rondam a Arena. A principal é relacionada ao futuro do técnico Renato Portaluppi. Mesmo com a alta cúpula diretiva do clube querendo sua permanência, o ídolo gremista ainda não deu indicativo de continuidade. Pelo contrário, nos bastidores, existe a tendência de rompimento de ciclo, por parte do treinador.

Grêmio planeja dispensa de jogadores

Em relação a montagem do elenco para a próxima temporada, o meia Robinho e o goleiro Júlio César, que possuem contrato vigente somente até o final de fevereiro, não terão seus vículos renovados e, por consequência, não seguirão no clube.

Em contrapartida, o atacante Luis Fernando, que atualmente está lesionado, conforme declarado por Paulo Luz, atual vice de futebol do Grêmio, deverá ter renovado seu contrato de empréstimo junto ao Botafogo.

Para assegurar a permanência do atacante até o final do ano, conforme pré-determinado em contrato firmado entre os clubes, o Tricolor Gaúcho terá que pagar cerca de R$ 1 milhão ao Botafogo.

Substituto ideal de Pepê possui futuro incerto

Outra incógnita em relação ao Grêmio é a respeito do substituto de Pepê. Na última semana o clube informou, oficialmente, a venda de seu ponteiro esquerdo titular ao Porto, de Portugal, por 15 milhões de euros. 70% do valor irá para os cofres gremistas. Já os 30% restantes pertencem ao Foz do Iguaçu, clube que revelou Pepê.

Além do valor de venda inicial - 15 milhões de euros - o Tricolor Gaúcho terá direito a 12,5% da chamada mais-valia. Ou seja, o lucro excedente do valor de compra que o Porto terá.

Por mais que Pepê permaneça no clube até o final de junho, vários atletas já estão sendo preparados para substituí-lo. Leo Chú, que disputou a Série A do Brasileirão pelo Ceará, no momento, é o jogador que possui o status de substituto ideal de Pepê.

Clube já recusou duas propostas oficiais pelo atacante

Em decorrência do excelente Campeonato Brasileiro realizado pelo Ceará, Leo Chú vem recebendo propostas interessantes do exterior. O Amiens, da segunda divisão da França, fez oferta oficial ao Grêmio pelo atacante. A oferta, recusada pelo tricolor, era de 3 milhões de euros.

Além do clube francês, uma equipe da MLS também fez oferta à direção gremista. O valor era de 4 milhões de dólares por 70% de Leo Chú. Lembrando que o Grêmio é dono de 100% dos direitos econômicos do atacante. O vínculo de Leo Chú com o clube gaúcho é válido até o final de 2024.