Mesmo ainda com a final da Copa do Brasil para ser disputada - a decisão contra o Palmeiras ocorrerá nos dias 28 de fevereiro, na Arena, e 7 de março, em São Paulo - o Grêmio já começa a se movimentar nos bastidores para planejar a montagem do elenco, visando a próxima temporada.

Como já é de conhecimento público, o principal mistério que ronda a Arena, diz respeito ao futuro do técnico Renato Portaluppi no comando da equipe. Estando no clube desde o segundo semestre de 2016, quando iniciou sua terceira passagem pelo Tricolor Gaúcho, Renato já conquistou, dentre outros títulos, a Copa do Brasil e a Libertadores da América, além da Recopa Sul-Americana, em 2018.

Sentimento é de saída

Diferentemente dos anos anteriores, em que, mesmo com grande mistério criado pelas partes envolvidas na negociação de renovação contratual, para a temporada de 2021, o sentimento interno no clube é de que Renato Portaluppi não seguirá no comando da equipe.

Mesmo com a direção gremista querendo sua permanência, existe o entendimento por parte do treinador que sua relação, principalmente, com a torcida, ao longo da atual temporada, se desgastou, com as críticas aumentando de maneira significativa.

Por mais que se tenha a tendência de momento indicando a saída do atual técnico gremista, não existe uma confirmação, tendo em vista que o assunto, por ser de extrema importância, é tratado à sete chaves pelo Presidente Romildo Bolzan Júnior e por Renato Portaluppi.

Alguns jogadores não permanecerão

Com o futuro indefinido do técnico Renato Portaluppi, a direção gremista já começou a traçar o plano de montagem do elenco. O meio-campista Robinho, assim como o goleiro Júlio César, que possuem contrato com o Grêmio somente até o final de fevereiro, não permanecerão no clube.

Clube possui interesse em manter Luis Fernando

Em contrapartida, o atacante Luis Fernando, que está com uma lesão, sendo uma entorse no tornozelo de grau 2, deve permanecer no Tricolor Gaúcho em 2021. Emprestado pelo Botafogo até o dia 28 de fevereiro, o Grêmio já indicou que possui o interesse em exercer a cláusula pré-determinada em contrato que amplia o empréstimo do jogador até o final do ano.

A informação foi confirmada por Paulo Luz, atual vice de futebol do Grêmio, em sua entrevista coletiva pós-jogo contra o Athletico-PR.

"O Grêmio tem uma cláusula unilateral de opção para mantermos o empréstimo até 31 de dezembro de 2021. É uma cláusula de que faremos o depósito dia 28 para o Botafogo, estão previstas todas as condicionantes. É questão de tomar a decisão em um momento adequado. Em princípio, sim, existe o interesse em permanecer com esse jogador".

Para ampliar o contrato de empréstimo de Luis Fernando até o final de 2021, o Grêmio terá que pagar R$ 1 milhão ao Botafogo. Para fechar a contratação do atacante, ainda em 2020, a direção gremista investiu cerca de 1 milhão de reais também.