O que estava muito bem encaminhado, acabou se confirmando. O Grêmio, através dos seus canais oficiais de comuinicação, oficializou a venda do atacante Pepê ao Porto, de Portugal. O jogador de 23 anos de idade já estava acertado verbalmente com o clube europeu, mas a oficialização aconteceu apenas nesta quinta-feira (18).

De acordo com o comunicado oficial do Grêmio, a negociação se correspondeu pela venda de 100% dos direitos econômicos do atacante. O valor líquido da negociação é de 15 milhões de euros (cerca de R$97 milhões na cotação atual), e além disso, o tricolor ficará com 12,5% de mais-valia (lucro de uma futura negociação do jogador).

Confira o comunicado oficial do Grêmio na íntegra:

"O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense e o Futebol Clube do Porto informam, conjuntamente, terem chegado a um acordo para a transferência de 100% dos direitos econômicos do atleta Pepê.

O valor líquido da transação é de 15 milhões de euros, reservando-se ao Clube uma mais-valia de 12,5% em uma futura transação. O valor correspondente ao mecanismo de solidariedade será pago integralmente pelo Futebol Clube do Porto.

O jogador permanece no Grêmio até o final do mês de junho, apresentando-se ao Porto no início do próximo período de transferências internacionais, em 1º de julho." diz a nota.

Pepê foi vendido ao Porto pelo valor de 15 milhões de euros, e se apresenta no clube português em junho. (Foto: Reprodução)
Pepê foi vendido ao Porto pelo valor de 15 milhões de euros, e se apresenta no clube português em junho. (Foto: Reprodução)

Pepê já vinha sendo observado e desejado pelo Porto há pelo menos um ano. Entretanto, as várias ocasiões acabaram em fracasso nas negociações, e mesmo com o desejo do atleta de ser negociado anteriormente, o Grêmio conseguiu segurar o seu principal ativo no momento.

Pepê irá se apresentar ao Porto apenas no dia 30 de junho, e o principal motivo disso é o fato do Grêmio poder contar com o jogador na grande final da Copa do Brasil, que está marcada para os dias 28 de fevereiro e 7 de março.

Pelo Grêmio, Pepê faz parte do time principal desde o ano de 2018, mas apenas em 2020, após a venda de Everton ao Benfica, foi quando o atacante teve oportunidade de ser titular na equipe comandada pelo técnico Renato Portaluppi.