Em final de temporada, o Grêmio que ainda terá uma decisão pela frente diante do Palmeiras, pela Copa do Brasil 2020, já começa a definir alguns detalhes para 2021, onde alguns jogadores do seu atual elenco poderão servir como moeda de trocas ou até mesmo serem negociados, como é o caso do atacante Diego Churin.

Diego Churin pode ser negociado

Sem ainda ter confirmado a permanência de seu treinador para a temporada 2021, a direção gremista que considera ter Renato Portaluppi somente até a segunda partida diante do Palmeiras, na final da Libertadores, já está de olho em seu elenco para as próximas competições.

Assim, está atrás de um substituto para Maicon, no meio de campo; mas uma peça que seja capaz de cumprir com essa missão e segundo informações de Daniel Oliveira - narrador e jornalista, Churin poderá ser envolvido nesta possível negociação. Além de um substituto a Maicon, o Grêmio também está em busca de uma peça que venha a ocupar o lugar hoje de Thaciano no elenco, visto que esse também deverá deixar o Tricolor ao final do Brasileirão 2020.

De oito a dez negociações

Segundo o próprio jornalista, o Grêmio deverá negociar de oito a dez jogadores e uma das principais discussões tem haver com Diego Churin. O atacante, que teve um custo alto aos cofres gremistas e possui contrato até dezembro de 2022, ainda não tem seu futuro garantido no clube aqui em questão, tendo a possibilidade do Tricolor aceitar algumas possíveis propostas de outros clubes pelo atleta.

Vale lembrar que o próprio Renato Portaluppi, que está na mira do Atlético-MG, já avisou que para permanecer no Grêmio em 2021, esse terá que ir em busca de reforços para a equipe, onde para ele é preciso reforçar se o clube quiser voltar as disputas mais importantes.