Com o encaminhamento do término das competições, válidas pela temporada de 2020, os clubes já começaram a se movimentar, nos bastidores, para tentar agregar qualidade ao atual plantel, visando a próxima temporada.

Com o Grêmio não é diferente. Atual quianto colocado na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro e finalista da Copa do Brasil - decidirá o título fora de casa, o Tricolor Gaúcho, através de sua direção, já começou a traçar o planejamento para a próxima temporada.

Conforme o orçamento do clube, em 2021, a instituição terá que arrecadar "somente" R$ 28 milhões com a venda de jogadores, um valor extremamente inferior ao orçado em 2020 - 88 milhões de reais.

Pepê está na mira do mercado europeu

Como já é de conhecimento público, do atual plantel gremista, Pepê é o jogador que vem recebendo maior número de sondagens do exterior e, ao que tudo indica, sua saída do Grêmio está cada vez mais iminente. Atualmente, Zenit, da Rússia, e Porto, de Portugal, são as equipes que demonstraram maior interesse na aquisição do jovem ponta esquerda.

Por mais que a direção gremista negue de maneira veemente, o clube gaúcho possui em mãos proposta oficial do Zenit por Pepê. A oferta é de 20 milhões de euros.

Caso a proposta for aceita, o atacante deixará Porto Alegre somente na janela de transferência de junho. Pepê possui contrato com o Grêmio até o final de 2024, sua multa rescisória é de 150 milhões de euros e o Tricolor Gaúcho detém 70% de seus direitos econômicos.

Direção gremista já possui substituto ideal, em caso de venda de Pepê

Conforme apuração da reportagem, a alta cúpula diretiva do Grêmio, visando se precaver de uma provável saída de Pepê, já traçou o nome ideal para substituir o atual ponta esquerda.

Trata-se de Roger Guedes, ex-jogador do Palmeiras e Atlético-MG, que está atuando no Shandong Luneng, da China. O Grêmio já sondou o estafe do atacante para saber se o atleta de 24 anos possui o desejo de retornar ao Brasil. Na primeira conversa entre as partes, não foi debatido valores e duração de contrato, em específico.

Natural de Ibirubá, no Rio Grande de Sul, Roger Guedes foi revelado na base do Criciúma. Desde o segundo semestre de 2018 na China, o atleta possui contrato em vigência com a equipe chinesa até o dia 13 de julho de 2022.