O Grêmio, historicamente, sempre se caracterizou pela formação de grandes jogadores em sua categoria de base. Tendo como exemplo, Ronaldinho Gaúcho, por mais que tenha manchado sua imagem com o torcedor, é considerado por muitos como o maior atleta já revelado pela base gremista.

Desde o primeiro ano da gestão Romildo Bolzan Jr a frente da administração da instituição, resgatando suas raízes, além de se notabilizar pelas grandes conquistas, o clube consegue, ano após ano, revelar, pelo menos, um grande jogador oriundo de sua categoria de base.

Além de conceber grande retorno técnico ao clube, tendo participação fundamental nas recentes conquistas, inúmeros jogadores da base gremista, ao longo das últimas temporadas, possibilitam alto retorno financeiro, com suas vendas para o exterior caracterizando-se pelas altas cifras.

Grêmio inicia processo de renovação contratual com fenômeno da base

Seguindo a linha de volates formados no clube, o Grêmio iniciou as conversas para a ampliação de contrato com o volante Victor Bobsin, considerado por muitos como o próximo da fila.

Com vínculo com a instituição somente até o final de 2021, conforme apuração da reportagem, há cerca de um mês atrás, o Grêmio, através da figura de Carlos Amodeo, CEO do clube, e Paulo Luz, atual vice-presidente de futebol, se reuniu com o estafe de atleta para dar início ao processo de renovação.

Na primeira reunião entre as partes, não foi apresentada uma proposta oficial para oficializar a renovação. Por mais que o objetivo final seja a ampliação de contrato do volante com o Grêmio, o primeiro encontro teve como teor expor qual o planejamento que o clube possui em relação ao futuro de Bobsin.

Totalmente recuperado das lesões que atrapalharam seu futebol nas últimas temporadas, Bobsin possui o desejo de atuar pelo profissional do Grêmio. A renovação só será concretizada, caso o clube dê garantia de aproveitamento do volante na equipe principal.

Volante foi sondado por inúmeros clubes na última janela de transferências

Em julho do ano passado, Victor Bobsin atraiu o interesse de vários clubes, tanto do cenário nacional, quanto internacional. Krasnodar e Spartak Moscou, da Rússia; Udinese e Bologna, da Itália; Sevilla, Betis e Villarreal, da Espanha; Vitória de Guimarães e Braga, de Portugal; e Bayer Leverkusen, da Alemanha foram os clubes europeus que sondaram o jogador.

O último time que demonstrou interesse em Bobsin foi o Athletico-PR. A negociação com o Grêmio chegou a estar próxima de um acordo, porém, em decorrência do valor elevado da opção de compra que a equipe gaúcha gostaria de incluir no contrato após o término do empréstimo, os clubes não chegaram a um denominador comum.

Na ocasião, o Grêmio sinalizou com um modelo de empréstimo com opção de compra dos 50% dos direitos de Bobsin, por um valor próximo a 3 milhões de euros. Em razão do valor elevado, o time paranaense desistiu da contratação do jovem volante, que possui multa rescisória de 60 milhões de euros.