Mesmo vivendo excelente momento na temporada - com o empate na última quarta-feira, o Grêmio chegou à marca de 17 jogos de invencibilidade - e estando vivo tanto na Copa do Brasil, onde está na semifinal, quanto na Libertadores da América, onde a equipe disputa a fase de quartas de final, contra o Santos, além do Campeonato Brasileiro, os torcedores gremistas possuem uma séria preocupação em suas mentes.

Ausência de Jean Pyerre escancara dependência do Grêmio

Motivo de grande preocupação entre a torcida desde o confronto de volta contra o Guaraní, pelas oitavas de final da Libertadores, quando, na ocasião, foi substituído por Isaque nos minutos finais da primeira etapa, o meia-armador Jean Pyerre continua fora de combate.

No duelo da última quarta-feira, contra o Santos, pela ida das quartas de final da maior competição do continente, o Grêmio enfrentou muitas dificuldades para furar a forte marcação santista. Segundo muitos analistas e torcedores, a falta de criação de jogadas no meio-campo se deu muito por conta da ausência do camisa 10.

Renato Portaluppi rechaça dependência pelo armador

Em sua entrevista coletiva pós-jogo, ao ser questionado sobre uma "dependência" por Jean Pyerre, o técnico Renato Portaluppi rechaçou a hipótese da equipe depender do meia-armador.

"O Grêmio não depende só do Jean, não depende de jogador nenhum. Todos que entram em campo procuram ajudar. Claro que ele (Jean) é importante. Lógico que ele faz falta, mas não é por isso que o Grêmio não teve uma atuação maravilhosa. Faz parte", declarou o treinador gremista.

Ausência gera frustração na torcida

Minutos antes da escalação gremista, para o confronto contra o Santos, ser divulgada, o principal assunto entre os torcedores era a presença, ou não, de Jean Pyerre.

Pelo fato do meia ter sido relacionado para o duelo do último final de semana, contra o Vasco, era esperado que, pelo menos, o jogador estivesse à disposição no banco de reservas, porém, não foi o que ocorreu.

Jean Pyerre nem ao menos ficou no banco de reservas. Na equipe titular, como já havia ocorrido contra o Vasco, o chileno César Pinares foi o escolhido para substituí-lo.

Entenda o que acontece com Jean Pyerre:

O meia-armador Jean Pyerre é a principal pauta, dentre os assuntos relacionados ao Grêmio, desde a partida de volta contra o Guaraní, do Paraguai. Na ocasião, na reta final do primeiro tempo, o meia sentiu um desconforto muscular e foi substituído.

Conforme apuração da reportagem, o jogador realizou exames na última sexta-feira e não foi detectada nenhuma lesão grave.

Nos exames realizados, foi detectado um líquido, que caracteriza um pequeno edema muscular.

Contra o Vasco, o Grêmio tentou passar falsa imagem ao Santos

Contra o Vasco, partida em que o meia ficou no banco de reservas, segundo o que foi informado à reportagem, já estava definido que Jean Pyerre seria preservado. Sua presença no banco foi apenas uma maneira que o Grêmio usou para tentar "enganar" o Santos, passando a falsa impressão que o armador atuaria contra a equipe santista.

Para o duelo decisivo da próxima quarta-feira que definirá o time que passará à semifinal da Libertadores, nos bastidores, o Grêmio trata a presença de Jean Pyerre, pelo menos como alternativa no banco de reservas, como certa.