O futebol é um dos esportes mais famosos do mundo. No Brasil, é considerado como uma grande paixão. Torcedores de todo o planeta aguardam ansiosamente para assistir os seus times do coração. O time soma 11 jogadores, mas um deles acaba tendo um destaque em especial, no caso, o goleiro.

Apesar dos esforços do time, o goleiro pode se tornar o grande herói de uma partida ou mesmo o responsável pelo fracasso. Muitos torcedores acabam atribuindo a culpa de uma perda pelo desempenho do goleiro. Porém, quando ele for o responsável por fazer grandes defesas, acaba se sobressaindo no final.

O goleiro acaba ficando sozinho em sua área, e vê todo o jogo acontecer a sua frente, em muitos casos, sem poder fazer muita coisa, mesmo assim, precisa ficar sempre alerta. O seu principal objetivo em uma partida é justamente impedir que a bola entre na goleira, e o time oposto faça o temido gol.

Ao contrário dos seus colegas de time, o goleiro pode utilizar qualquer parte do corpo durante a partida, mantendo em uma área limitada, tudo isso na tentativa de defende-se dos gols adversários.

Sobre o Dia do Goleiro

O Dia do Goleiro é comemorado no Brasil em 26 de abril. A data acontece em homenagem ao responsável por defender o gol durante as partidas de futebol. A posição é única, como bem sabemos, e também de muita responsabilidade.

Origem do Dia do Goleiro

Manga - nascido em 26 de abril de 1937.
Manga - nascido em 26 de abril de 1937.

O que poucos sabem é como surgiu exatamente à data, ou seja, o Dia do Goleiro. A data é celebrada em homenagem a Aílton Corrêa Arruda, popularmente conhecido como "goleiro Manga", consagrado nos campos e reconhecido como um dos melhores goleiros de toda a história do futebol.

Manga nasceu em 26 de abril de 1937 e integrou times como o Sport do Recife, Botafogo, Internacional, Coritiba, Grêmio, entre outros. Em virtude do seu imenso talento, Manga também foi responsável por defender a Seleção Brasileira, em amistosos e em Copas do Mundo.

Em 1975, surgiu a ideia de criar o Dia Nacional do Goleiro. A iniciativa veio a partir de uma ideia dos Professores da Escola de Educação Física do Exército do Rio de Janeiro - Raul Carlesso e o capitão Reginaldo Pontes Bielinski. Carlesso era o preparador físico da Seleção Brasileira durante a Copa do Mundo de 1974 e foi o pioneiro no desenvolvimento de uma preparação diferenciada e especial para os goleiros no Brasil.

Inicialmente, a data foi comemorada em 14 de abril, porém, no ano seguinte (1976) alteraram para 26 de abril, homenageando o goleiro Manga.

Manga

Após o grande sucesso nos campos, Manga acabou se mudando com a família para o Equador, onde viveu mais de 30 anos. Porém, acabou voltando à mídia após a descoberta de que ele, com 83 anos, passava por problemas financeiros e também de saúde. Em março deste ano, após ser submetido a uma cirurgia para tratar uma insuficiência renal aguda, Manga passou a residir no Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro.

Brasil - celeiro de goleiros

O Brasil sempre foi um celeiro de goleiro, onde tivemos e temos até hoje grandes profissionais da "área", como o atual melhor goleiro do mundo - aqui falamos de Alisson Becker, goleiro do Liverpool e que se apresentou para o mundo defendendo as cores do Internacional, que além desse, também deixou outra lenda para o mundo; Taffarel, o goleiro do "Tetra" da Seleção Brasileira em 1994, na Copa do Mundo dos Estados Unidos. Marcos, Rogerio Ceni, Dida e tanto outros também são alguns dos goleiros brasileiros com grande destaque no mundo.