Hoje vamos voltar a contar um pouco mais sobre a história do futebol, mais propriamente dito de um dos objetos principais para que uma partida deste esporte tenha o seu desenvolvimento - a bola.

Você sabe quem criou a bola que hoje é usada para as disputas do futebol? Sabe qual é a sua origem? Se não souber essas respostas, fique tranquilo, pois vamos contar mais essa história ligada a um dos esportes mais apaixonantes e praticados no mundo inteiro.

A HISTÓRIA DA BOLA

A bola nada mais é que um objeto esférico que poder ser chutado ou lançado. Dizem os livros da pré-história que ela surgiu após alguém ter chutado uma pedra ou algo não muito pesado que tenha rolado; daí se percebeu que esse "objeto" poderia ser útil ou divertido.

Essa obviamente é a hipótese mais aceitável, uma vez que ninguém ao certo sabe como surgiram as primeiras bolas. Arqueólogos descobriram desenhos realizados em cavernas há mais de 3000 mil anos, com homens segurando objetos esféricos feitos com pedras. Com isso, acredita-se que as primeiras bolas tenham sido usadas como ferramentas para a caça do homem pré-histórico.

Bolas pré-históricas.
Bolas pré-históricas.

QUEM A INVENTOU

A história nos conta que por incrível que possa parecer, foram os chineses que inventaram a mesma, no século IV antes de Cristo. Dizem os livros históricos que a primeira bola foi criada por Fu-Hi - um dos cinco grandes governantes da região, que era um inventor apaixonado. A bola aqui em questão foi "fabricada" através do comprimento de várias raízes duras capaz de criar uma massa esférica, cobrindo essa mesma com pedaços de couro cru - desta forma surgia à primeira bola em sua forma "original".

DATA DE SUA CRIAÇÃO

Assim como já relatamos um pouco mais acima, a bola foi criada por volta de 2500 a 3000 a.C e a mesma fazia parte de um jogo denominado de "Tsu Chu", que foi o precursor do futebol.

A diversas bolas já criadas.
A diversas bolas já criadas.

No entanto, ela teve sua evolução:

1835 - A partir desta data começamos a contar a história da primeira "pelota" fabricada. A mesma foi projetada e fabricada por Charles Goodyear, que antes de criar o objeto aqui propriamente dito, patenteou a borracha vulcanizada, fabricando ou criando a primeira bola no ano de 1855.

1862 - Já nesta data, H. J. Lindon desenvolveu uma bola inflável, de borracha, que se conservava oval e firme, com uma forma alongada, na mesma forma da bola de rúgbi.

1894 - Aqui temos a primeira bola fabricada de borracha e coberta por couro cru, com uma costura bem grosseira no meio, o que na verdade criava um grande problema. Na hora de cabecear o objeto, a costura marcava a testa do jogador.

1958 - Quase 100 anos depois, apesar de continuar a ser fabricada de couro, mas sem aquela costura grosseira que "marcava" os jogadores, a mesma ainda tinha um problema. Em dias de chuva, o couro ficava encharcado, o que deixava a bola muito pesada, dificultando a passagem da mesma e os chutes, sendo melhorada anos depois, mas antes disso vamos voltar ao tempo, para 1935, onde foi então criada a bola de futebol "branca", a mesma que se tornou marca registrada do esporte até os tempos atuais. Essa foi criada por um brasileiro - Joaquim Simão. A bola branca foi desenvolvida para os jogadores poderem enxergá-la com mais clareza à noite; algo que fez muita diferença quando as partidas começaram a ser televisionadas.

1960/70 - Aqui podemos dizer que a bola sofreu uma de suas maiores evoluções. Apesar de ainda serem fabricadas em couro, as mesmas começaram a ser impermeabilizadas, ou seja, não ficavam mais encharcadas durante uma partida de futebol em dias de chuva ou campo molhado.

1980 - No início da década de 80, a bola passou por outra evolução. A mesma deixava de ser produzida em couro cru e passava a ser fabricado com materiais sintéticos, o que fez com que o aspecto de durabilidade do material conquistasse a atenção de quem praticava o esporte.

1990 - Mais dez anos se passam e a partir daqui as bolas começaram a ser fabricadas por polímeros, o que as deixavam ainda mais leves, graças ao poliuretano, que é altamente leve e durável, com as câmaras de ar passando a serem produzidas por látex.

Anos 2000 - fim das costuras

Com a bola sendo fabricada por polímeros, as mesmas com o passar dos tempos ficaram mais modernas, contendo ainda dez camadas de poliestireno e na câmara, a indústria passa a utilizar a borracha butílica. A partir daqui, com o desenvolvimento da indústria, foi permitido que a bola tivesse seus gomos unidos por ligações térmicas em vez de costuras.

As primeiras bolas eram criadas de couro cru, com costuras grosseiras.
As primeiras bolas eram criadas de couro cru, com costuras grosseiras.

ESPORTES POR ELA DISPUTADOS

As bolas que passaram por vários processos de evoluções, sendo criadas até mesmo de crinas de animais, a fibras de bambu, frutas secas, meias velhas e tantos outros materiais, passaram a ser utilizadas não somente como ferramentas, armas ou para alguns jogos específicos, mas também como brinquedos para qualquer idade, uma vez que são utilizadas nos mais diversos esportes e práticas físicas, como por exemplo, o Pilates. Para os estudiosos, a queima de calorias com a bola, além de ser intensa, é mais prazerosa.

A mesma conforme já declaramos neste tópico, não serve apenas para os assuntos já aqui relatados, mas também para o seu uso em diversas modalidades esportivas, bem como: beisebol, basquete, bilhar, boliche, críquete, golfe, handebol, hóquei, tênis, voleibol e muitos outros.

Como puderam ver, a bola pode parecer um objeto muito simples e até mesmo insignificante para muitas pessoas, mas na verdade, não tem nada de insignificante, tanto que deixamos aqui a seguinte pergunta: Que mais transformações ou evoluções poderá ter a bola nos próximos anos?