Calendário futebolístico europeu poderá se assimilar ao Brasileiro; pelo menos é isso que sugere o técnico do Olympique de Marselha - André Villas Boas. O profissional em questão sugeriu que a temporada europeia só seja concluída em novembro, que se dê o mês de dezembro de férias e que então já se inicie a nova temporada com um calendário provisório e diferente - de janeiro a novembro, nas duas próximas temporadas.

A sugestão do técnico português não tem muito haver com a questão do Coronavírus, mas sim com a realização da Copa do Mundo de 2022 - no Catar. Segundo ele, a Copa que acontecerá entre os dias 21 de novembro a 18 de dezembro, poderá trazer muitos problemas ao calendário europeu na temporada 2022/2023; assim sendo, se a UEFA seguisse sua sugestão, as temporadas de 2021 e 2022 seriam disputadas de janeiro a novembro até a disputa da Copa do Mundo.

André Villas Boas - técnico do Olympique de Marselha.
André Villas Boas - técnico do Olympique de Marselha.

Mas como resolveria o restante do tempo em 2023? Para Villas Boas, poderia existir uma temporada intermediária neste período, dando um mês de férias antes de iniciar a temporada 2023/2024.

A idéia para os europeus parece tão maluca, que o jornal português "A Bola" destacou a mesma com a seguinte manchete: "E a Europa virar...Brasil?". Mesmo sendo muito difícil o presidente da UEFA concordar com tal proposta, Gianni Infantino - presidente da FIFA em entrevista ao jornal italiano "Gazzeta dello Sport" na última semana comentou sobre possíveis adaptações de calendário depois da pandemia da COVID-19.

O estranho nisso tudo é que por aqui, sempre estamos buscando adaptar nosso calendário ao Europeu e agora surge uma "proposta" de adaptar o calendário europeu ao nosso!